Planalto norte registra aumento de 43,8% de casos de Covid na última semana

Avatar
Painel de Casos Covid-19 em SC mostra taxa de ocupação de leitos de UTI o estado.

A região do planalto norte e nordeste catarinense registrou 43,8% de aumento nos casos confirmados de Covid-19 na última semana (veja gráfico abaixo). Foram 4.184 novos casos ante 2.909 na semana passada.

O aumento na taxa de ocupação de leitos de UTI na região também é alta, 88,57%. Os números cresceram em todo o estado. No início da tarde desta quinta (26), havia 11 hospitais do estado lotados.
Com a alta na ocupação nos leitos, o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina (Cosems-SC) alertou para o risco de colapso do sistema de saúde e encaminhou uma carta para o governo do estado.

\”Sem ações práticas de fiscalização das medidas recentemente anunciadas pelo Estado é iminente o colapso do Sistema de Saúde para o atendimento da população\”, diz um trecho da carta.

O comunicado pede também que \”Sejam tomadas medidas imediatas com base nas orientações da ciência sob pena de o Estado vivenciar situação catastrófica idêntica a outras regiões e alguns países, onde o resultado da negligência foi a contratação de caminhões câmaras frias para guardar vítimas da pandemia\”.

\”O alerta nosso foi no sentido de que o governo do estado, com as demais autoridades, tomem medidas ágeis, imediatas, para conter essa situação, ou pelo menos para nós conseguirmos absorver esse impacto dentro do Sistema Único de Saúde sem levar ele ao colapso\”, explicou Alexandre Lencina Fagundes, presidente do Cosems-SC.

Entre os pedidos do Conselho estão que o estado volte a fazer campanhas de conscientização e que a população colabore. 

\”Sem medidas de restrições para conter a proliferação da pandemia, que está em ritmo acelerado de subida, estão ainda mais vulneráveis os profissionais da Saúde que atuam na linha de frente de atendimento da população catarinense\”, diz a carta.

Em todo o estado, são 1.433 leitos de UTI pelo Sistema Único de Saúde (SUS), dos quais 1.208 estão ocupados.

Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Santa Catarina alertou para o risco de colapso do sistema de saúde e encaminhou uma carta para o governo do estado.

Total
0
Shares