Vigilância Epidemiológica de Canoinhas confirma morte de paciente diagnosticado com influenza

A vacina está disponível gratuitamente à população alvo até o dia 31 de maio nas unidades básicas de saúde de Canoinhas.
No último dia 24, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Canoinhas havia confirmado o primeiro caso de influenza em Canoinhas de 2019. 

Influenza é uma infecção respiratória viral que causa febre, coriza, tosse, cefaleia e mal-estar.

O paciente, um homem que estava no grupo de risco e não havia tomado a vacina, foi hospitalizado.

Nesta terça-feira (28), foi confirmada a morte do paciente, ocorrida no fim de semana.
A confirmação é da Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde de Canoinhas.

No entanto, ainda não é possível saber se o idoso faleceu em decorrência da gripe.

Este caso de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) faz a secretaria alertar a população sobre a importância da imunização.

O vírus da gripe (influenza) pode ser prevenido com vacinas. Apesar de o influenza intensificar-se no período de maio a agosto (inverno), ele circula em todos os meses do ano. A imunização, portanto, é a melhor forma de evitar complicações.

Além de causar aqueles sintomas clássicos — febre alta, nariz entupido, cansaço e dor no corpo —, a influenza está por trás de complicações como pneumonia e infarto.

As unidades básicas de saúde de Canoinhas disponibilizam a vacina gratuitamente à população alvo da Campanha Nacional até o dia 31 de maio.
Total
0
Shares