Bebê vítima de atropelamento em Canoinhas não resiste e morre em Hospital de Joinville

A bebê de apenas um mês de idade, que foi vítima de atropelamento, juntamente com sua mãe, na noite de domingo (29) em Canoinhas, não resistiu a gravidade dos ferimentos sofridos e morreu durante a madrugada no Hospital Materno Infantil de Joinville.

A mãe e a bebê foram atropeladas por um motociclista na Avenida Rubens Ribeiro da Silva, por volta das 19h15.

Ela segurava sua filha e estavam atravessando a Avenida quando uma motocicleta Honda XLR 125 as atingiu, e com o impacto a criança saiu de seus braços, ficando gravemente ferida e inconsciente.

A bebê foi socorrida imediatamente por uma enfermeira que passava no local e conduzida ao Pronto Atendimento de Canoinhas, sendo levada logo em seguida para o Hospital em Joinville, onde veio a falecer durante a madrugada.

O condutor da motocicleta e a mãe da criança foram conduzidas pelo Corpo de Bombeiros ao Pronto Atendimento. O motociclista sofreu apenas algumas escoriações pelo corpo e a mãe apresentava suspeita de fratura de braço, luxação e várias escoriações pelo corpo.

A Polícia Militar acompanhou a ocorrência e em contato com condutor da motocicleta, de 30 anos, durante atendimento médico, percebeu que o mesmo  apresentava hálito etílico.
Sendo realizado o teste de Etilômetro, foi acusado 0,93 mg/l, contatando a embriaguez. O motociclista recebeu voz de prisão no ato, sendo conduzido para a Delegacia de Polícia Civil.
Total
0
Shares