Vereador cadeirante mais votado de SC é ameaçado de morte

Avatar
Alisson Julio conquistou 5,5 mil a mais do que o segundo vereador mais votado na cidade. Foto: Redes Sociais

O vereador eleito Alisson Julio (Novo) registrou um boletim de ocorrência na noite de domingo (22) após ser alvo de ameaças de morte e insultos ofensivos em Joinville.

O caso foi registrado uma semana após a vereadora Ana Lúcia Martins (PT) também ter sido ameaçada no ambiente virtual.

Alisson foi o candidato mais votado de Santa Catarina, com 9.574. Ele tem 32 anos, é cadeirante e sofre com a doença genética Amiotrofia Muscular Espinhal (AME).

No fim da tarde de domingo ele recebeu um e-mail que ofendia a vereadora Ana Lúcia. Após se posicionar e repudiar o ato nas redes sociais, o político recebeu mais duas mensagens com ameaças envolvendo ele e a vereadora petista.

Em uma das mensagens o autor diz para Alisson: \”Também vai morrer se eu conseguir matar a Ana e sair vivo da casa dela. Eu também tenho seu endereço\”.Após o vereador eleito registrar um boletim de ocorrência, o autor dos e-mails enviou uma nova e escreveu frases racistas em referência à vereadora eleita Ana Lúcia e ofensas ao político: \”Dei um crédito por você ser branco, mas você pisou na bola\”.

O irmão do político Leonardo Júlio contou que a família ainda não foi ouvida pela polícia. O político segue em casa e avalia se pedirá proteção de segurança para a família.

\”Com medo, todos estamos, mas a gente não está em choque. Isso aí a gente não entrou em estado de choque, mas obviamente não tem como não ficar com pelo menos um pouco de medo numa situação dessa\”, contou Júlio.

O partido Novo se manifestou após a publicação das mensagens. A legenda repudiou o ato e solicitou que autoridades trabalhem o mais rápido possível para identificar o autor das ameaças.

\”Dada a ameaça real, concreta e reiterada, solicitamos às autoridades competentes que trabalhem o mais rapidamente possível para identificar o autor das ameaças e que o mesmo possa responder criminalmente pelos seus atos\”, informou o diretório do partido em Joinville.

Vereador tem 32 anos, é cadeirante e sofre com a doença genética Amiotrofia Muscular Espinhal (AME).

Total
0
Shares