Escola de Três Barras suspende aulas presenciais após caso de Covid-19

Avatar
Caso positivo para a doença foi confirmado na terça-feira (23).

Na data de ontem (23), a equipe Diretiva da Escola de Educação Básica General Osório de Três Barras, emitiu um comunicado informando que será necessário o atendimento de forma remota, por alguns dias, para os alunos que iniciaram as aulas presenciais na unidade, para desinfecção do prédio, conforme estabelece o Plano de Contigência Escolar (PlanConEdu). 

A medida é necessária devido a Diretora, Janaína dos Santos Bueno, ter positivado para Covid-19. 
Para tanto é solicitado que as pessoas que tiveram contato com a Diretora, nos últimos dias, caso apresentem qualquer sintoma, que procurem atendimento médico. 
A unidade escolar passou por uma completa desinfecção na manhã de hoje (24), e ficará sem acesso por 48 horas. 
“Essas medidas são necessárias pois prezamos essencialmente pela saúde dos funcionários, alunos e comunidade escolar”, diz o comunicado.
As aulas serão aplicadas pelo Classroom, grupos de WhatsApp e outras formas virtuais, não podendo ter materiais impressos para evitar uma possível contaminação. 
Os alunos que optaram pelo modelo 100% remoto não terão alteração no calendário. A data para um retorno seguro às aulas presenciais será divulgado posteriomente.
CASOS SUSPEITOS EM ESCOLAS DE PAPANDUVA

Também nesta quarta-feira (24), a prefeitura de Papanduva comunicou que devido a casos suspeitos de Covid-19, as unidades de ensino Floresta, Floresta São João, Rio Pratinha, Walmir Lúcio Senna e CEI Elidia Mikalovicz, estarão fechadas e com o transporte suspenso por 72 horas para desinfecção.

“Se os mesmos forem positivados após o resultado do exame as unidades permanecerão fechadas por 14 dias. Essas medidas seguem as orientações e diretrizes sanitárias estabelecidas nos Planos de Contingência (PlanCon-Edu), diz a nota.
A Secretaria da Educação, Secretaria da Saúde e departamento de Epidemiologia estão tomando todas as medidas, fazendo o monitoramento conforme necessário e enfatizam que qualquer alteração será informada através das redes sociais e canais de comunicação oficiais do município.
BLUMENAU
A prefeitura de Blumenau, no Vale do Itajaí, confirmou que 99 professores testaram positivo para o coronavírus desde o início das aulas deste ano. O número é referente aos profissionais da rede municipal, estadual e particular de ensino.

Além deles, outros dois estudantes também foram diagnosticados com a Covid-19. 

Segundo a Secretaria de Promoção da Saúde (Semus), ao menos 140 alunos já foram afastados por terem tido contato com pessoas contaminadas. Desses, cinco estão com suspeita da Covid-19.

Os nomes das escolas em que foram registrados casos não foram divulgados.

Diretora da escola testou positivo para coronavírus e aulas presencias foram suspensas por tempo indeterminado. Em Papanduva, quatro escolas e uma creche tem casos suspeitos de Covid-19.

Total
0
Shares