Xanxerê registra terceira morte de paciente à espera de UTI

Avatar

Em um espaço de 7 horas, três pessoas morreram em Xanxerê, no Oeste catarinense, esperando uma vaga na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

Durante a madrugada, uma mulher, 63 anos, e um homem, 61, esperavam por um leito há dias e estavam internados no Hospital Regional São Paulo.

Já pela manhã, a prefeitura da cidade divulgou um terceiro óbito, por volta das 9h30. Na cidade, 21 pessoas esperam por vagas de UTI e duas, de enfermaria.

Segundo um dos médico do hospital do município, por mais que o local tenha estrutura, o agravamento do quadro de saúde pode ocorrer por haver mais pessoas que a capacidade.

A última vítima é um homem de 60 anos que não tinha comorbidades. Ele estava internado desde segunda-feira (22) no Hospital Regional São Paulo (HSP), onde aguardava um leito de UTI na própria unidade hospitalar ou transferência para outro local.

Com a morte dos três pacientes na fila de espera e no mesmo hospital, Xanxerê contabiliza 65 óbitos pela Covid-19, segundo dados da secretaria municipal de saúde. 

Já o Estado, contabilizava até o boletim da noite desta sexta-feira (26), 63 mortes na cidade. Foram 7 mortes em 24 horas. Xanxerê, que tem 51,6 habitantes, decretou estado de calamidade pública por 180 dias.

Foto: Ana Lucietto/Divulgação/HRSP – Hospital Regional São Paulo (HRSP), em Xanxerê, no Oeste de Santa Catarina

Total
0
Shares