IFSC Câmpus Canoinhas tem vagas em 3 cursos superiores gratuitos

Avatar
O ingresso é pelo Sistema de Seleção Unificada e inscrições seguem até sexta-feira, 9 de abril

Para quem busca um curso superior em instituição pública, gratuita e de qualidade para começar ainda neste semestre, o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) tem 120 vagas em três excelentes opções no Câmpus Canoinhas: tecnologia em Alimentos, tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e bacharelado em Agronomia, com 40 vagas cada.

Todos os cursos são gratuitos e com ingresso pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), cujas inscrições começaram nesta terça-feira (6) e seguem até sexta (9), exclusivamente no site sisu.mec.gov.br.

Quem pode se inscrever

Podem participar do processo estudantes que tenham feito o Enem 2020 e obtido nota superior a zero na redação.

No ato da inscrição, o candidato deve informar se deseja participar por ampla concorrência ou pelo sistema de cotas para escolas públicas.

Resultado

O resultado da chamada regular do processo seletivo do Sisu será publicado no dia 13 de abril, com a matrícula on-line dos selecionados prevista para o período de 14 a 19 de abril.

Quem não for selecionado na chamada única do Sisu poderá disputar uma das vagas ofertadas por meio da lista de espera. O prazo para manifestar interesse em participar da lista de espera será de 13 a 19 de abril.

Sobre o Sisu

O Sisu é o sistema informatizado do MEC no qual as instituições públicas de educação superior, sejam elas federais, estaduais ou municipais, oferecem vagas a serem disputadas por candidatos inscritos em cada edição da seleção.

Os candidatos são selecionados para as opções de cursos indicadas no ato de inscrição, de acordo com a melhor classificação de nota obtida no Enem.

Conheça os cursos

O curso superior de Tecnologia em Alimentos tem duração de seis semestres, com aulas no período noturno.

Seu objetivo é formar profissionais capacitados para desempenhar atividades de fomento da produção agropecuária, utilização das tecnologias de produção, controle de qualidade e preservação de forma racional e econômica, visando reduzir o impacto ambiental.

O curso superior de tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas tem duração de seis semestres, com aulas no período noturno.

O curso forma o profissional que analisa, projeta, documenta, especifica, testa, implanta e mantém sistemas computacionais de informação. Este profissional trabalha também com ferramentas computacionais, equipamentos de informática e metodologia de projetos na produção de sistemas.

O curso de Agronomia tem duração de dez semestres, com aulas de manhã e à tarde. O curso prepara o profissional para atuar em diversos segmentos do setor agropecuário, com conhecimento em sistemas de produção vegetal e animal e em preservação ambiental.

Entre outras funções, o engenheiro agrônomo está habilitado para produzir, conservar e comercializar alimentos, fibras e demais produtos agropecuários, além de projetar, coordenar, fiscalizar e assessorar projetos agropecuários, aplicando padrões e medidas de padronização e qualidade estabelecidas pela legislação.

Total
3
Shares