Ação contra o crime organizado efetua prisões em Canoinhas

A investigação desmantelou uma célula do crime organizado que atua na região.

Na manhã desta quarta-feira (09), a Polícia Civil desencadeou a Operação “Porteira Fechada” em combate ao crime organizado em Mafra, na região do Planalto Norte de Santa Catarina. Houve apoio da Polícia Militar, da Polícia Rodoviária Federal e do Departamento de Administração Prisional (DEAP).

PCSC/Divulgação

Foram cumpridos 12 mandados de prisão e 12 mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça. A investigação desmantelou uma célula do crime organizado que atua na região.

Dentre os presos nesta operação encontra-se um que exercia função de chefia junto a organização criminosa Primeiro Grupo Catarinense (P.G.C.) nas cidades de Mafra, Itaiópolis, Papanduva e Monte Castelo.

As prisões foram em Mafra (08), Canoinhas (02) e Joinville (02). Dos alvos, quatro deles também foram presos em flagrante. Foram apreendidos 10 tijolos de maconha, 400 gramas de crack e 100 gramas de cocaína, balanças e pinos para embalar cocaína.

A operação contou com a participação de 60 policiais. A operação “Porteira Fechada” contou com a colaboração da Polícia Civil de Itaiópolis, Papanduva, Monte Castelo, Canoinhas, Rio Negrinho, e São Bento do Sul.

Total
0
Shares