Bolsonaro chega a Santa Catarina para evento conservador com Milei

Avatar photo
O evento CPAC Brasil, congresso conservador focado em nomes e políticos da direita e da extrema direita, acontece em Balneário Camboriú.

LEIA TAMBÉM

 — PUBLICIDADE —
Whatsapp Emecar Canoinhas

O ex-presidente Jair Bolsonaro desembarcou nesta sexta-feira (5), em Florianópolis onde participará do encontro conservador CPAC Brasil, em Balneário Camboriú neste fim de semana.

Em vídeos compartilhados nas redes sociais, o ex-chefe do Executivo, acompanhado pelo senador Jorge Seif (PL), aparece sendo recebido pelo governador do Estado, Jorginho Mello (PL), e por apoiadores, no aeroporto da capital.

Em Santa Catarina, Bolsonaro se encontrará com o presidente da Argentina, Javier Milei, que vem ao Estado também para participar do fórum de conservadores. A Argentina já avisou o Itamaraty sobre viagem de Milei a Santa Catarina e que não haverá encontro com Lula.

Milei será uma das atrações da Conferência de Ação Política Conservadora, em Balneário Camboriú, onde deve se reunir com o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) — Foto: Ammar Awad/Reuters 

Milei deve chegar no Aeroporto de Navegantes no sábado à noite e ficará hospedado no Hotel Mercure em Balneário Camboriú, retornando à Argentina no domingo.

O que é o evento

O CPAC (Conservative Political Action Conference) é o maior e mais influente encontro de conservadores do mundo. Lançado em 1974, o CPAC reúne centenas de organizações conservadoras, milhares de ativistas, milhões de telespectadores e os melhores e mais brilhantes líderes do mundo. Em 2023, foi realizada em Washington, DC a 50ª edição do CPAC Americano.

O primeiro CPAC ocorrido no Brasil foi realizado nos dias 11 e 12 de outubro de 2019, no Hotel Grand Hyatt, na capital São Paulo, originado da relação entre o Deputado Federal Eduardo Bolsonaro e Matt Schlapp, presidente da ACU. Desde então, outras três edições foram realizadas.

Dois governadores estarão presentes: Jorginho Mello (SC) e Tarcísio de Freitas (SP). O prefeito da cidade que sedia o evento, Fabrício Oliveira, também será um dos palestrantes.

Conservadores de outros países da América Latina também confirmaram a participação na edição brasileira. Entre os políticos e artistas confirmados estão o presidente argentino Javier Milei, o ministro da Justiça e Segurança Pública de El Salvador, Gustavo Villatoro, o presidente do Partido Republicano do Chile, José Antonio Kast e o cantor que tenta o pleito de presidente do México, Eduardo Verástegui.

Presença de Milei pode abalar relação com o Brasil e Mercosul.

O governo argentino informou que o presidente não participará da próxima reunião do Mercosul, nos dias 7 e 8 de julho, no Paraguai. A justificativa foi “agenda sobrecarregada”.

Confira a lista de deputados e senadores confirmados pelo evento:

  • Ana Campagnolo, deputada estadual (PL-SC);
  • Bruno Engler, deputado estadual (PL-MG) e pré-candidato à Prefeitura de Belo Horizonte;
  • Caroline de Toni, deputada federal (PL-SC);
  • Eduardo Bolsonaro, deputado federal (PL-SP);
  • Filipe Barros, deputado federal (PL-PR);
  • Gustavo Gayer, deputado federal (PL-GO);
  • Júlia Zanatta, deputada federal (PL-SC);
  • Lucas Bove, deputado estadual (PL-SP);
  • Luiz Phellippe de Orléans e Bragança, deputado federal (PL-SP);
  • Magno Malta, senador (PL-ES);
  • Mário Frias, deputado federal (PL-SP)
  • Nikolas Ferreira, deputado federal (PL-MG);
  • Ricardo Salles, deputado federal (PL-SP);
  • Zucco, deputado federal (PL-RS).

Quem patrocina o evento

Entre os patrocinadores do evento, duas empresas levam o nome Bolsonaro: a adega Vinho Bolsonaro “il Mito” e a gráfica Bolsonaro Store.

Além delas, a Aprosoja Mato Grosso (Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso), a Tuboaços da Amazônia, a Camisetas Opressoras, a Granrede Engenharia, a Leone Pavan Empreendimentos e a viação Graciosa.