Bombeiros encontram o corpo de mais uma vítima do ciclone em Santa Catarina

Foto: Corpo de Bombeiros

No quarto dia de buscas, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina encontrou o homem que desapareceu em Brusque, após cair de uma ponte pênsil durante a passagem do ciclone, no dia 30 de junho.

A vítima foi encontrada na manhã deste sábado (4), por volta das 9h45, sem vida.

O corpo do homem, de 28 anos, foi avistado no rio Itajaí Mirim, preso em galhos, a cerca de 700 metros de onde aconteceu o acidente.

O acidente

A ponte pênsil se rompeu com a força dos ventos causados pelo \”ciclone bomba\” e derrubou um casal que estava em uma motocicleta. O piso de madeira quebrou no momento em que os dois passavam pela estrutura.

Ponte pênsil rompeu enquanto uma moto passava pelo local durante ciclone bomba em Brusque. Foto: Corpo de Bombeiros//Divulgação

A mulher caiu em um barranco próximo à cabeceira da ponte, e foi socorrida por pessoas que estavam próximas ao local mas o homem de 28 anos foi arrastado pela correnteza.

A motocicleta da vítima foi localizada embaixo da estrutura por volta do meio-dia de quarta-feira (1º).

Sobre as buscas

O Corpo de Bombeiros empregou mergulhadores e dois binômios – dupla entre bombeiro militar e cão de busca. Participaram da operação o sargento Jacques Romão e o cão Bravo, de Blumenau, além do cabo Carlos de Souza e a cadela Zaara, de Brusque.

Vítimas do ciclone

Agora são 10 óbitos contabilizados pelos Bombeiros, por conta do ciclone. Uma vítima ainda segue desaparecida, na cidade de Canelinha.

O Corpo de Bombeiros mantém as buscas no Rio Tijucas com duas equipes. Uma equipe de mergulhadores segue em busca subaquática e outra equipe executa a busca superficial.

Corpo foi encontrado preso em galhos, a cerca de 700 metros de onde aconteceu o acidente.

Total
0
Shares