Moisés diz que não haverá lockdown mas vai retomar medidas contra a Covid-19 em SC

Avatar
O governador ressaltou que não prevê um novo lockdown em Santa Catarina. Foto: Reprodução

O governador Carlos Moisés (PSL) comemorou o resultado do Tribunal de Julgamento do impeachment e afirmou que \”a justiça e a verdade prevaleceram\” após ser absolvido. Ele voltou ao cargo de governador de SC ainda nesta sexta-feira (27).

\”Não cometi nenhum ato ilegal enquanto governador do Estado. Infelizmente tivemos que atravessar um processo tormentoso para todos, que infelizmente tinha um viés totalmente político. […] prevaleceu o respeito à democracia, ao voto popular, à legalidade – disse Moisés.

​Em coletiva de imprensa na Casa d\’Agronômica, Moisés fez o primeiro pronunciamento oficial já de volta ao cargo de governador.

Sobre a retomada da economia após a pandemia, Moisés sinalizou mais apoio aos empreendedores e linhas de crédito, com investimentos de R$ 2,3 bilhões até 2022. Na questão da infraestrutura de mobilidade do Estado, o governador apontou R$ 5,5 bilhões projetados de investimento nas rodovias.

Retomada das ações contra a pandemia

Moisés ressaltou que o governo precisa \”recuperar o tempo perdido\”. Ele ressaltou que leitos de UTI foram desabilitados desde a saída dele da cadeira, e que pretende alinhar novas ações com os municípios e os hospitais de Santa Catarina.

“Hoje são 190 leitos desabilitados. Eles fazem falta. Se nós tivemos esses leitos ativados, teríamos só 70% de ocupação”, disse. Ele garantiu que o Estado pagará aos hospitais pelo funcionamento dos leitos para garantir o serviço.

O governador ressaltou que não prevê um novo lockdown em Santa Catarina, mas ressaltou que medidas são necessárias e que vai se reunir com a equipe de saúde neste sábado (28).

\”Estou recebendo o comando com o Estado praticamente no vermelho, isso impõe algumas medidas. Mas não estamos falando de lockdown, de fechamento do Estado. Quanto a vacina, disse que deve ser coordenada pelo governo federal.

Possivelmente, já no início da próxima semana, novas medidas para conter o avanço da pandemia no estado serão anunciadas.

Após Moisés ser notificado e voltar à cadeira de governador, Daniela Reinehr voltará ao cargo de vice depois de pouco mais de um mês na chefia do Executivo estadual.

No período, ela promoveu algumas mudanças pontuais no secretariado e fez acenos às políticas do presidente Jair Bolsonaro, especialmente na maneira de lidar com a pandemia do coronavírus.

Total
0
Shares