Suspeito de mandar matar a mulher é linchado quase até a morte, em Navegantes

Avatar
Marido da vítima teria chegou ao endereço com o veículo, após o crimeFoto: Polícia Militar/Divulgação

Uma mulher foi esfaqueada no pescoço e teve um dos dedos da mão quebrado na noite desse sábado (7), em Navegantes, no Vale do Itajaí. A violência foi praticada por um usuário de drogas, a mando do marido da vítima. 

O mandante, que chegou ao endereço quando a mulher já tinha sido socorrida, foi agredido por mais de 50 pessoas, que se revoltaram com a situação.

Segundo a Polícia Militar, a vítima de 21 anos estava sozinha em casa, na rua Manoel da Luz, no bairro Nossa Senhora das Graças, quando um desconhecido invadiu a residência e a atacou com uma faca. 

Mesmo ferida no pescoço, ela conseguiu gritar por socorro e foi encaminhada ao hospital, onde permaneceria em observação. O estado de saúde dela não foi revelado.

O autor das facadas, de 24 anos, foi detido e confessou que teria agido a mando do marido da vítima, que é traficante de drogas. 

Ele também relatou à polícia que era usuário de cocaína, cliente do mandante e que estava em crise de abstinência no momento em que agiu. Até então, o usuário não tinha passagens pela polícia.

O marido da vítima, acusado por mandar matá-la, não estava no endereço quando o crime foi praticado. Mais tarde, depois que a vítima já estava no hospital e o usuário preso, chegou ao endereço acompanhado de outro homem.

Ele foi atacado por um grupo de 50 pessoas e linchado quase até a morte. As agressões somente pararam com a chegada da Polícia Militar, que foi acionada pela segunda vez.

O companheiro da vítima sofreu traumatismo craniano, segundo a polícia, foi socorrido ao hospital municipal e precisou de transferência ao Hospital Marieta, em Itajaí, onde deve ser mantido sob custódia policial até dar alta. Em seguida, pode ser recolhido ao presídio pelos crimes de feminicídio e tráfico de drogas.

O outro homem, que acompanhava o companheiro da vítima, confessou o tráfico de drogas e indicou o local onde o entorpecente estava escondido. Ele também foi preso por tráfico.

Na casa foi apreendida uma porção de 12,5 gramas de cocaína e uma balança de precisão. A Polícia Civil e o Instituto Geral de Perícias também estiveram no local.

Homem foi agredido por mais de 50 pessoas, que se revoltaram com a situação.

Total
0
Shares