Mães, de Canoinhas e Bela Vista do Toldo, são denunciadas por maus tratos à criança

Avatar
Em Bela Vista do Toldo, as crianças foram retiradas da residência e levadas para um abrigo provisório em Três Barras.
brinquedo de criança

No último fim de semana, a Polícia Militar atendeu a duas ocorrências envolvendo maus tratos a crianças. Um caso foi em Canoinhas e outro em Bela Vista do Toldo.

Na manhã de domingo (21), por volta das 07h20 da manhã, a PM foi acionada para apoio ao Conselho Tutelar, que estava em uma residência na rua João César de Andrade, no bairro Campo da Água Verde.

No local estava uma conselheira, que relatou ter recebido uma denúncia de que uma mãe estaria agredindo a filha, e ao chegar ao local constatou os maus tratos a criança.

A mulher e a criança (cuja idade não foi informada),foram conduzidas para Delegacia para as providências cabíveis.

Também no domingo, por volta das 21h50, a Polícia Militar foi acionada para o Posto de Saúde de Bela Vista do Toldo, por solicitação do SAMU, para uma ocorrência também de maus tratos contra criança.

No local estava uma mulher, com sua filha de 4 anos. Segundo a PM, a mulher encontrava-se em visível estado de embriagues, agitada, agressiva, com uma das mãos lesionada, devido, segundo seu relato, ter dado um soco em um copo de vidro.

Foi acionado o Conselho Tutelar de Bela Vista do Toldo, que juntamente com os PMs foram até a residência da mulher, para retirar a outra criança, um bebê de menos de 1 ano de idade.

No local estava o marido da agressora, que confirmou os fatos ocorridos. Ele também estava estava em visível estado de embriagues.

Durante o atendimento no posto de saúde, a mulher tentou agredir com chutes a Técnica em Enfermagem, que em seu relato, afirmou que é costumeiro a mulher ir ao posto de saúde embriagada, com sua filha sempre chorando.

A Conselheira Tutelar confirmou vários atendimentos ao casal, que frequentemente estão embriagados, e que as crianças sofrem muito.

Há possível maus tratos as crianças, com consideráveis possibilidades de estarem sofrendo maus tratos físicos e psicológicos por parte dos pais.

Considerado risco da integridade física das crianças envolvidas, ambas foram retiradas da residência pelo Conselho Tutelar, que lavrou registro da ocorrência, sendo encaminhadas a abrigo provisório na cidade de Três Barras.

A mulher foi atendida, medicada, sedada e entregue na residência pelo SAMU.

Total
1
Shares