Santa Catarina: com quase meio milhão de infectados, estado é o 3º com mais casos no país

Avatar
No momento, em todo o país, 724.720 mil pessoas estão com o vírus. Reprodução

DIÁRIO CATARINENSE – Há 497.345 pessoas que testaram positivo para Covid-19 em Santa Catarina, das quais 475.841 estão recuperadas e 16.190 permanecem em acompanhamento. O balanço foi divulgado neste domingo (3). O coronavírus causou 5.314 óbitos no estado até agora.

Prestes a somar meio milhão de infectados pelo coronavírus desde o início da pandemia, Santa Catarina ultrapassou a Bahia e se tornou o 3º estado com mais casos confirmados.

Está atrás apenas de São Paulo (1.471.422 casos confirmados) e Minas Gerais (550.672 casos confirmados). Os dados são do Ministério da Saúde deste domingo (3).
Em casos proporcionais, SC também está entre os primeiros do paísSanta Catarina também cresceu no último mês quando analisado o dado de casos confirmados por milhão de habitantes.

O Estado agora tem o 4º mais alto índice do país, com 68.462 casos para cada 1 milhão de habitantes.
No primeiro pico da pandemia, na primeira semana de agosto, Santa Catarina estava em 17º lugar no índice proporcional de casos por habitante.Os Estados que lideram hoje a lista são Roraima, Distrito Federal e Amapá.

A média brasileira é de 36.440 casos por milhão de habitantes atualmente (46,7% menor do que a catarinense) e a da Região Sul é de 45.344 por milhão.

Em todo o Brasil já foram confirmados 7.733.746 milhões de caso  e 6.813.008 milhões estão recuperados. No momento, 724.720 mil pessoas estão com o vírus.
As mortes causadas pela doença já somam 196.018 mil.
Letalidade ainda é a mais baixa do paísEm contrapartida, a letalidade em Santa Catarina, isto é, o percentual de infectados que não resistem à doença, é a mais baixa do país.

Desde 28 de maio (mês em que a testagem da população foi intensificada nos municípios), o índice oscila entre 1,01% e 1,64%. Neste domingo (3),  a taxa era de 1,07%, com leve tendência de alta.A média brasileira vem caindo gradativamente desde 12 de maio, quando era de 6,98%, por conta da ampliação da testagem nos Estados. Agora é de 2,54%, a taxa mais baixa desde 25 de março.

Total
0
Shares