Daniela Reinehr anuncia novos integrantes do primeiro escalão do governo

Avatar
Com afastamento de Moisés em processo de impeachment, Daniela poderá ficar no cargo por até 120 dias.

A governadora Daniela Reinehr anunciou nesta terça-feira (30), os nomes de novos integrantes do primeiro escalão do Governo do Estado. A Casa Civil será ocupada por Gerson Luiz Schwerdt.

“Estes são nomes técnicos e que prontamente atenderam ao nosso chamado, entendendo as dificuldades pelas quais estamos passando e os desafios que temos pela frente. Tenho certeza que essa equipe, com os reforços que estão chegando e os que permanecem à frente das demais secretarias, não medirá esforços para que a gente consiga dar uma injeção de ânimo e de esperança para o povo catarinense em um momento de muitas incertezas”, afirmou Daniela Reinehr.

A governadora confirmou ainda a permanência do secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, do secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro, e do secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, à frente das pastas.

Em relação ao enfrentamento da pandemia, Daniela Reinehr destacou que a imunização dos catarinenses será prioridade absoluta:

“O momento é de união e não mediremos esforços para preservar a vida de todos em Santa Catarina. O combate à pandemia será nossa prioridade máxima e também não nos descuidaremos do desenvolvimento econômico. Precisamos garantir a empregabilidade e a estabilidade do nosso Estado. Contamos com o apoio de todos os segmentos da sociedade para alcançarmos esse objetivo”, afirmou a governadora.

Conheça os novos secretários

Casa Civil

Gerson Luiz Schwerdt tem 56 anos e é advogado com especialização em Direito Tributário. Ingressou na carreira de procurador do Estado em 1993 e já exerceu as funções de procurador-geral do Estado, chefe da Procuradoria Fiscal e procurador-geral adjunto para Assuntos Administrativos na PGE.

Schwerdt também atuou como consultor jurídico na Casa Civil, diretor da SCPAR e membro dos conselhos de administração dos portos de São Francisco do Sul e de Imbituba.

Procuradoria-Geral do Estado

Luiz Dagoberto Brião tem 67 anos, é advogado e ingressou na carreira de procurador do Estado em 1993. Especialista na área tributária, fez mais de 550 sustentações orais em matérias fiscais e tributárias no Tribunal de Justiça de Santa Catarina só em 2019.

O procurador já foi professor da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), da Escola do Ministério Público e da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul).

Secretaria de Estado da Saúde

Carmen Emília Bonfá Zanotto é natural de Lages, enfermeira e está no terceiro mandato como deputada federal.

Ela tem especialização em Administração Hospitalar pela Faculdade São Camilo (SP), em Saúde Pública pela Universidade de Ribeirão Preto (SP), Recursos Humanos pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e formação em Políticas para Primeira Infância na Universidade Harvard, nos Estados Unidos.

Carmen já foi secretária adjunta e de Estado da Saúde entre 2007 e 2010. Atualmente é relatora da Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19, da Câmara Federal

Secretaria de Estado da Infraestrutura

Leodegar da Cunha Tiscoski é engenheiro civil formado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Natural de Sombrio, já atuou como secretário de Estado dos Transportes e Obras (1999-2002) e como secretário de Estado da Casa Civil (1992-1994). Servidor público aposentado, fez carreira no extinto Departamento de Estradas e Rodagem (DER), onde atuou como engenheiro, coordenador e engenheiro-chefe.

Foi deputado estadual constituinte (1987-1991) pelo PDS, deputado estadual (1991-1999) e deputado federal (1999-2007) pelo PP. Atuou, ainda, como Secretário Nacional de Saneamento Ambiental (2007-2012) e como Secretário Nacional de Acessibilidade e Programas Urbanos (2012-2014) no Ministério das Cidades. É casado com Maria Elizabeth Pelegrini Tiscoski.

Casa Militar

Alessandro Marques, 47 anos, Florianópolis, é tenente-coronel da Polícia Militar e especialista em Segurança Pública. Atualmente estava na Chefia do Centro de Comunicação Social da Polícia Militar de Santa Catarina.

Secretaria Executiva da Comunicação

Miguel Angelo Bertolini é formado em Economia com especialização em Administração e Gestão (MBA) pela Fundação Getúlio Vargas.

Também tem formação pelo Programa de Desenvolvimento de Conselheiros e pelo PDA da Fundação Dom Cabral. Atuou na RBS e também no Executivo estadual, com passagem de nove anos na Secretaria de Estado da Comunicação e na Casa Civil.

Foi secretário de Administração e Planejamento de Joinville de 2013 a 2020.

Foto: Mauricio Vieira / Secom

Total
0
Shares