Fim de semana foi de fiscalização reforçada em Santa Catarina

Avatar
Entre sexta-feira e a tarde de domingo (7), 192 proprietários de estabelecimentos foram notificados por irregularidades, 17 foram interditados e 15 pessoas foram presas.

Em mais um fim de semana de restrições e fiscalização reforçada para conter o avanço da Covid-19, as forças de segurança de Santa Catarina atuaram em todo o estado para o cumprimento do decreto que estabelece medidas sanitárias de prevenção ao novo coronavírus. O decreto seguiu vigente até às 6h desta segunda-feira (8).

O presidente do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial e comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel BM Charles Alexandre Vieira, destaca que as ações são intensificadas nos períodos com restrição social, mas, desde o começo da pandemia, o trabalho das forças de segurança tem sido constante.

“Agora, nesta fase, as ações foram intensificadas, principalmente por conta dos períodos determinados em que se faz ainda mais necessário o isolamento social”, frisa.

Na Polícia Militar, durante o segundo final de semana de restrições, as ações foram reforçadas com o serviço de inteligência, identificando pessoas ou pequenos grupos que estariam organizando eventos e acabaram sendo desmobilizados de maneira antecipada pelos policiais.

A integração das polícias militar rodoviária e ambiental foi outra estratégia que ajudou a ampliar a capacidade de fiscalização. 

Desde a sexta-feira, a Polícia Militar intensificou a fiscalização em casas noturnas, inclusive com a interdição de estabelecimentos com reunião de público.

As praias – que também estão sob a vigência do decreto 1.172 – foram fiscalizadas pelos policiais, para coibir a circulação e permanência de pessoas.

A Polícia Militar informou que realizou 3.517 fiscalizações entre sexta-feira, 5 de março, e a tarde de domingo (7). Neste período, 192 proprietários de estabelecimentos foram notificados por irregularidades, 17 foram interditados e 15 pessoas foram presas. 

Total
2
Shares