Assassinato de bombeiro em SC será investigado

Uma mulher de 28 anos é suspeita de matar o namorado, um bombeiro militar de 32 anos, e depois cometer suicídio.

O sargento do Corpo de Bombeiros Militar de 32 anos, Smaylin Willian Schappo, foi morto noite de quinta-feira (16) em Florianópolis.

O crime ocorreu na Servidão Aníbal Pedro Oliveira, no bairro Ingleses, Norte da Ilha. Uma mulher ligou para a Polícia Militar avisando que um homem tinha tirado a própria vida e uma mulher estava tentando fazer o mesmo. 

Duas guarnições da PM se deslocaram até o local e encontraram a mulher que havia feito a ligação. Ela informou que tinha um homem morto dentro da casa e que a amiga estava tentando se matar. 

Essa mesma mulher entrou na residência e voltou para o quintal com a amiga, que vestia um moletom grande. Os policiais, então, se dividiram. Enquanto dois entraram na casa para verificar se havia um homem morto, dois tentaram ajudar a mulher e acalmá-la.

Segundo o subcomandante do 21° BPM de Florianópolis, Major Tossulino, ela estava transtornada e não deixava a guarnição chegar perto. Durante a conversa, ela tirou uma pistola do moletom e deu um tiro na própria cabeça. Os policiais não conseguiram intervir no momento.

O Samu foi acionado para o atendimento do homem e da mulher, mas os dois já estavam em óbito. 

A Polícia Civil suspeita que a mulher, de 28 anos, era namorada do sargento e atirou contra ele. A Delegacia de Homicídios da Capital esteve na cena do crime, recolheu celulares e ouviu a amiga que presenciou o caso. Agora a investigação segue até o fechamento do inquérito policial.

NOTA DO CBMSC

“É com imenso pesar que o Comando-Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina comunica o falecimento do 2º sargento Smaylin Willian Schappo, nesta quinta-feira, 16. O sargento Schappo entrou na corporação no ano de 2006 e estava lotado na Central de Operações Bombeiro Militar, na cidade de Florianópolis. Neste difícil momento, registramos aos familiares e amigos do sargento Schappo, os sentimentos de profunda tristeza e solidariedade de todos os Bombeiros Militares da corporação. Nossas respeitosas continências”.