cursos

sementes_tabaco

bom_apetite_canoinhas

Passos chora durante depoimento: ‘Estou profundamente arrependido’

Avatar photo
Ex-prefeito fala como se tivesse sido obrigado a participar de todo esquema de corrupção.

LEIA TAMBÉM

É de conhecimento público que Gilberto dos Passos, vulgo “Beto Passos“, ex-prefeito de Canoinhas, firmou acordo de colaboração premiada com o Ministério Público de Santa Catarina, o que lhe garantiu a revogação da prisão preventiva. Passos deixou a cadeia em de 26 de setembro último, após quase seis meses recolhido no Presídio Industrial de Joinville.

Passos faz parte da investigação que apura crimes contra a Administração Pública; lavagem de dinheiro, corrupção, fraude a licitação, peculato e outros crimes praticados por organizações criminosas, no âmbito da operação Et Pater Filium.

Antes do acordo, Gilberto dos Passos, através de sua defensoria, sempre afirmou ser inocente e que jamais cometeu qualquer dos delitos narrados, porém em sua Colaboração Premiada o ex-prefeito assumiu ter partipação no esquema criminoso e confirmou o recebimento de propina, o que lhe garantiu a aquisição de imóveis e carros luxuosos.

Os termos da Colaboração Premiada estão em segredo de justiça, porém a reportagem do Canoinhas Online teve acesso a alguns trechos de documentos e depoimento de Passos, onde ele, além de se dizer ‘profundamente arrependido‘, também auxiliou na identificação do(s) suposto(s) autor(es) das infrações penais praticadas, e ainda o detalhamento da dinâmica dos fatos.

Durante seu depoimento, perante aos promotores de Justiça, Passos não segurou o choro e se disse profundamente arrependido.

Eu nunca imaginei que um dia isso aconteceria comigo, de eu me apropriar de algo que não é meu, receber dinheiro de forma ilícita. Reconheço aqui meu erro”, disse. “Me arrependo que por uma vitória, em uma eleição, eu tive que me juntar a pessoas que não pensavam como eu. Peço desculpas a toda população de Canoinhas, peço desculpas a todos que envergonhei, com minhas condutas reprováveis“.

O tom de voz em que Passos se manifestou, não lembra nem de longe aquele prefeito que gostava de lives e usava programa de rádio local para, usando seu dom de oratória, desviar a atenção da população sobre o que de fato acontecia nos bastidores da Prefeitura Municipal.