bom_apetite_canoinhas

saude

Marido joga gasolina e põe fogo na mulher no litoral catarinense

Avatar photo
Vítima foi socorrida em estado gravíssimo e se encontra em UTI de Hospital. Em outro caso, vítima de feminicídio foi baleada e não resistiu.

LEIA TAMBÉM

Whatsapp Emecar Canoinhas

A Polícia Militar de Santa Catarina registrou um caso de feminicídio e dois de tentativa de feminicídio neste fim de semana no estado. Em Balneário Piçarras, no litoral Norte catarinense, por volta das 6h da manhã deste domingo (1º), uma mulher, de 36 anos, relatou que seu marido jogou gasolina em seu corpo e ateou fogo.

Ela tentou apagar as chamas embaixo do chuveiro da residência, sendo conduzida ao hospital em estado grave. Ela sofreu queimaduras de primeiro e segundo graus no rosto e no couro cabeludo, e encontra-se na UTI do Hospital Marieta Konder Bornhausen em estado crítico.

O suspeito, um homem de 34 anos, com passagens policiais por ameaça e lesão corporal, e que já esteve no sistema prisional, foi detido horas depois.

A vítima tinha medida protetiva contra o suspeito, conforme informou o secretário de Segurança Pública da cidade.

Já outro caso, registrado no município de Capão Alto, na Serra de Santa Catarina, infelizmente o crime se consumou. Segundo o boletim da Polícia Militar, após um desentendimento em residência, o suspeito de 43 anos, sem passagem policial, sacou uma arma de fogo e disparou contra sua esposa, Ellen Larissa de Lima, de 33 anos. O autor não aceitava o fim do relacionamento.

O filho da vítima, de 11 anos, correu até o local onde fica localizada a Delegacia de Polícia Civil e o Batalhão de Polícia Militar da cidade para pedir ajuda e afirmou que o autor do crime seria o próprio pai.

A vítima foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito a caminho do Hospital, de acordo com a PM. O suspeito fugiu antes da chegada da polícia e ainda não foi localizado. Ellen deixa dois filhos.

Ellen Larissa, vítima de feminicídio em SC — Foto: Arquivo pessoal/Redes Sociais

A segunda tentativa de feminicídio foi registrada na noite deste domingo (1º), em Itapema, também no litoral Norte.

Segundo o registro da PM, por volta das 19h, no bairro Morretes, uma mulher de 30 anos estava caminhando em via pública, quando um homem se aproximou, efetuou três disparos de arma de fogo e fugiu. Os disparos foram feitos pelas costas da vítima.

A mulher foi baleada pelas costas, e dois projéteis a atingiram. Ele foi socorrida e conduzida a hospital de Balneário Camboriú em estado estável.

Segundo o atual companheiro da vítima, o autor dos disparos seria o ex-companheiro dela, um rapaz de 25 anos, sem passagens policiais no Estado, porém com histórico de diversas ameaças.