bom_apetite_canoinhas

cursos

MDB de Canoinhas já tem candidato à prefeitura nas eleições 2024

Avatar photo
Algumas legendas de Canoinhas já realizam reuniões para definir nominatas e atrair novos filiados.

LEIA TAMBÉM

As convenções partidárias ainda estão longe, contudo, o diretório do MDB de Canoinhas já se movimenta de olho nas eleições municipais de 2024.

Whatsapp Emecar Canoinhas

Corre nos bastidores que, em reunião na última semana, foi definido que o ex-prefeito, Beto Faria, irá disputar o pleito novamente. Faria foi prefeito de Canoinhas de 2013 a 2016. A dobradinha seria com o então vereador Willian Godoy (PSD). A vereadora Tatiane Carvalho, que embora tenham saído rumores que seria candidata, atualmente estaria fora dos planos.

Contudo, até as convenções, que devem acontecer somente em meados do ano que vem, muita água ainda pode passar embaixo dessa ponte.

Tanto pode que, também conforme conversas de bastidores, o temor quanto a lançar novamente Beto Faria para prefeito, é o fato de que o mesmo foi citado nas duas operações que investigam fraudes em licitações e recebimento de propinas, a Et Pater Filium e a Operação Mensageiro. Esta última abrange contratos alusivos aos serviços de lixo prestados pelo Grupo Serrana em Canoinhas.

Em maio deste ano, durante a audiência de instrução, Beto Faria reconheceu ter recebido ofertas do Coletivo Santa Cruz e da Serrana, para ajuda em campanha eleitoral de 2016, no entanto ele afirma que não aceitou.

Já o ex-secretário de Administração e Finanças de Canoinhas, que firmou colaboração premiada com o Ministério Público, afirmou que o ex-prefeito recebeu oferta de pagamento de propinas em troca de licitação na prestação de serviço de transporte escolar.

Quanto a Serrana, esta também teria oferecido dinheiro para a campanha eleitoral de 2016. O ‘recurso’, teria sido transportado na cueca de um funcionário da empresa e entregue a um interlocutor de Beto Faria, em sala da prefeitura.

Apesar das afirmações, que constam nas colaborações premiadas, frisa-se que Beto Faria não é investigado, nem acusado formalmente de recebimento de propina, em face das operações citadas.

Outras legendas de Canoinhas também se movimentam no sentido de definir nominata e atrair novos filiados, contudo, como a coluna não conseguiu apurar com precisão as informações, deixaremos para a próxima.

Falando em Partidos…

Parece que se aproxima a hora de a prefeita Juliana Maciel migrar para o PL. Segundo nossas fontes, Juliana tem perspectiva de fazer logo a filiação. O partido vem se movimentando para aglutinar várias lideranças dentro da sigla e, assim, construir a unidade da direita local. A intenção é devolver a credibilidade ao partido em Canoinhas.

Só está faltando alinhar com PL estadual e federal. A filiação da prefeita provavelmente será feita por Michele bolsonaro.

Frio na barriga

As investigações e condenações do réus envolvidos na Operação Mensageiro caminham a passos lentos, dado a grandiosidade da operação e do número de envolvidos, porém segue firme.

O que deve estar dando ‘um frio na barriga’ de muitos políticos é o fato de que, um documento recente do Ministério Público, diz que a investigação revelou que o mecanismo criminoso, arquitetado e posto em prática a partir do Grupo Serrana, vem desde o ano de 2014, pelo menos em municípios da nossa região.

Isto significa que pessoas públicas, que estavam no poder em gestões anteriores, possivelmente serão também investigadas quanto ao recebimento de propinas da empresa.

O documento faz alusão a possíveis novas investigações, neste trecho: “Os outros crimes praticados pela organização criminosa, apurados no decorrer da Operação Mensageiro, apesar de conexos, serão objeto de denúncias distintas, considerando que necessitam de aprofundamento das apurações e que foram praticados em circunstâncias de tempo, lugar e envolvendo agentes públicos diferentes“.

Certamente tem alguns que nem estão dormindo direito. Talvez amedrontados com “Os homens de preto”!

Números assustam

De acordo com dados do Tribunal de Contas de Santa Catarina, somente a Serrana Engenharia Ltda. e a Serviços de Limpeza Urbana (SELUMA), desde o ano de 2000 e 2004, respectivamente, participaram de 780 (setecentos e oitenta) licitações no Estado de Santa Catarina

Estas licitações renderam 7.146 (sete mil cento e quarenta e seis) empenhos, em histórico até novembro de 2022, chegando a pagamentos na ordem de R$ 760.928.331,00 (setecentos e sessenta milhões e novecentos e vinte e oito mil e trezentos e trinta e um reais).

Pelo andar da carruagem, as investigações e prisões vão longe. Sem problema, não temos pressa! Até a próxima.

Notícia Anterior

ELEIÇÕES
Conheça o novo Conselho Tutelar de Canoinhas

Próxima Notícia

FEMINICÍDIO
Marido joga gasolina e põe fogo na mulher no litoral catarinense