No Planalto Norte em Santa Catarina

Avatar

A farta produção de soja e milho do planalto norte catarinense está atraindo granjas de suínos e avícolas para a região. Em busca de milho, mão de obra e produtores rurais bem estruturados empresas do setor estudam migrar para o planalto norte de SC. 

A região é um celeiro agrícola, considerada por todos como a grande fronteira agrícola a ser explorada. Com solo plano e altamente produtivo, especial para o cultivo de grãos. 
Além de tudo isso Itaiópolis, um município localizado na região central do planalto norte é considerado um dos melhores municípios do Brasil para a produção tangerinas, laranjas e ponkans, os chamados citrus. 
O município que possui parte do território na região da Microbacia de Rio Itajaí do Norte possui um micro clima diferenciado excelente para o cultivo de citros, seu solo também é especial. Tudo isso proporciona uma alta produtividade com frutos graúdos, coloridos e muito saboroso,com excelente equilíbrio açúcar/acidez.
Centenas de agricultores estão plantando citrus, é uma excelente alternativa de renda, Itaiópolis será um grande produtor de frutas cítricas, principalmente de mesa ( para o consumo in natura ) A região esta muito perto do CEASA de Curitiba e do CEAGESP de São Paulo, a venda também é feita no litoral de SC e em grandes redes de supermercado.

Com florada abundante e o clima propício, citricultores do município de Itaiópolis, no Planalto Norte Catarinense, estão empolgados a espera de bons resultados para safra 2009/2010 de tangerinas.

Segundo relata Luciano Cordeiro, facilitador do Microbacias 2, o município de Itaiópolis tem clima totalmente diversificado, possui comunidades situadas a mais de 900 m de altitude e outras abaixo dos 400 m de altitude com relação ao nível do mar, proporcionando assim que uma parte do município tenha clima temperado e outra parte tenha clima de características tropicais. 
E é nesta parte do município, localizada abaixo dos 400 m de altitude, na Microbacia de Rio Itajaí do Norte, que se situam os pomares de tangerinas, laranjas e ponkans, os chamados citrus.

São mais de 30 produtores que juntos tem cerca de 70 ha com produtividade média histórica de 363 caixas por ha, segundo dados IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). 

Para a safra 2009/2010 a expectativa dos produtores segundo Cordeiro, é de ultrapassar muito a média histórica além de se atingir um padrão de qualidade melhor dos frutos produzidos devido à organização de grupos para o manejo do pomar e a comercialização.

Os grupos pretendem fazer o raleio dos frutos e organizar a venda da produção classificando os frutos e centralizando a venda, reduzindo a interferência do atravessador na comercialização.

Total
0
Shares