Detalhes inéditos da operação que apreendeu mais de 500 kg de maconha em Irineópolis

Momento da prisão de um dos envolvidos na ocorrência de tráfico em Irineópolis. Foto: PM/Divulgação
A maior apreensão de drogas na região de Irineópolis, no planalto norte catarinense, realizada na madrugada de quinta-feira (27),  foi amplamente divulgada e destaque na mídia local e estadual. 
Mesmo assim fomos atrás de alguns detalhes que pudessem enriquecer a compreensão do leitor de como foi toda essa operação. Afinal, que não gosta de saber de mais detalhes, não é?

Confira algumas informações que levantamos e outras que recebemos da Polícia Militar de Porto União, que talvez não sejam inéditas para alguns, mas com certeza desconhecida da maioria dos leitores.

Como tudo começou

Na noite de quarta-feira (26), por volta das 23h30, uma guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT), da Polícia Militar de Porto União juntamente com a Radio Patrulha de Irineópolis encontravam-se em barreira policial de rotina, no interior do município de Irineópolis.
Enquanto isso, a Central de Emergência da PM de Porto União recebeu a informação de que próximo a barreira, em um local mais ermo, em uma estrada na localidade de Colônia Escada, encontravam-se três veículos suspeitos.
De acordo com a polícia, possivelmente ao avistar ou perceber a barreira, eles foram buscar esconderijo mas acabaram chamando a atenção de uma pessoa que suspeitou da movimentação e carros estranhos no local e acionou a PM.

De posse das informações, as guarnições deslocaram-se ao referido local onde foram recebidos a tiros pelos ocupantes dos veículos, sendo estes um Gol, um Palio e um Logan. Dois dos veículos tinham placas de Joinville, e outro, de São Paulo.

Na troca de tiros, os elementos fugiram para o mato. Com o apoio da Polícia Militar de Canoinhas foi efetuado cerco policial e logo em seguida foram localizados e presos dois indivíduos.
Nos veículos deixado para trás, em um deles (Fiat Palio com placas de Joinville), foram encontradas mais de meia tonelada de maconha (Quinhentos e três quilos e trezentos e cinquenta gramas).
Droga foi encontrada em veículo com placas de Joinville. Foto: PM/Divulgação
A droga foi recolhida e junto com os carros, levadas para a Delegacia de Porto União. A PM também informou que foram encontrados nos três veículos, sistema de comunicação de alta tecnologia.
Mais drogas
Na continuação da ocorrência, por volta das 02h53m a Radio Patrulha de Porto União juntamente com o PPT  de Canoinhas, realizavam uma operação barreira (blitz) na BR-280, quando deram ordem de parada ao condutor de um Fiat Palio, com placas de União da Vitória/PR.
A ordem foi inicialmente obedecida, porém quando a guarnição se aproximou o condutor empreendeu fuga, sendo acompanhado pelas viaturas e abordado na entrada da cidade de Irineópolis.
Durante a busca pessoal o condutor, J.F.F.F se mostrava nervoso. Indagado o motivo, informou que no interior do veículo haviam drogas.
Na busca veicular foi localizado um saco plástico atrás do banco do motorista, o qual continha 15(quinze) tabletes de substância semelhante a maconha, totalizando 10(dez) quilos, 01(um) tablete de substância semelhante a cocaína, totalizando 1(um) quilo e uma porção contendo 100 gramas de substância semelhante a Crack. 
O indivíduo recebeu voz de prisão no ato, sendo conduzido para a Delegacia.
Tentativa de resgate

Ainda na quinta-feira, por volta das 14h45, durante barreira na BR-280, um veículo Logan, com placas de Joinville, foi abordado.

O casal que estava no interior do mesmo, não soube explicar o que estava fazendo na região. Nesse momento, segundo a PM, o celular da mulher começou a receber mensagens o que ela rapidamente começou a apagar, levantando mais suspeita.
Apreendido o aparelho, os policiais visualizaram uma mensagem que dizia: \” estamos aqui no KM 279 perto de uma árvore caída\”.
Diante das informações obtidas, as guarnições foram até o local, encontrando mais dois elementos que faziam parte do bando, escondidos em meio ao mato.

Segundo a polícia, o casal veio resgatar os envolvidos na apreensão de drogas no interior de Irineópolis. O casal e os dois elementos foram presos e levados para a Delegacia de Polícia de Porto União.

Segundo as últimas informações recebidas até a noite desta sexta-feira (28), um dos suspeitos continua foragido. 

O cerco e as buscas continuam intensas, envolvendo policiais militares de toda a região.


Total
0
Shares