Vereadores retiram de votação projeto sobre abono aos servidores da Saúde de Canoinhas

Por 5 votos a 4, os vereadores optaram pela retirada de votação da sessão de ontem, 26, do Projeto de Lei nº 35/2020 que autoriza o município de Canoinhas a conceder abono extraordinário aos servidores da Saúde que estão atuando junto ao Centro de Triagem da Covid-19. 

Com a retirada do projeto, espera-se que ainda nesta quarta-feira, 27, os vereadores se reúnam com o prefeito para solicitar a inclusão de mais profissionais no projeto, e ainda a igualdade dos valores para cada servidor.

O projeto, que é de origem executiva, ou seja, a prefeitura que escreveu e enviou para votação na Câmara, foi aprovado em primeira votação na sessão de segunda-feira. 

Conforme a redação original do projeto de lei, somente os servidores públicos da saúde que estão atuando no Centro de Triagem do Covid-19 poderão receber o abono, sendo 3 enfermeiros, onde cada um deve receber R$1.000 de abono; 2 serventes, onde cada uma deve receber R$350,00; 3 técnicos de Enfermagem, que devem receber R$700,00 cada um; 1 fisioterapeuta que receberá de abono R$1.000,00; e ainda 2 médicos que devem receber abono de R$2.500,00 cada um, em um total de R$11.800,00, por mês.

A ideia de parte dos vereadores é que o prefeito encaminhe um projeto substitutivo, ou seja, uma nova redação acrescentando os profissionais motoristas no projeto, defendido pelo vereador Célio Galeski, e ainda a distribuição igualitária dos valores para cada servidor, ideia defendida pelo presidente da casa, vereador Paulinho Basilio. 

A retirada do projeto de votação dá mais um prazo para que os vereadores e a prefeitura possam entrar em um consenso. Se o prefeito encaminhar ainda nessa quarta-feira o texto substitutivo, os vereadores devem se reunir em sessão extraordinária para a aprovação.

Votaram para retirar o projeto de votação 5 vereadores (Célio Galeski, Gil Baiano, Camila Lima, Telma Bley e Norma Pereira), já para manter o projeto em votação na sessão de ontem, e com a redação original que veio da prefeitura foram 4 votos (Zenici Dreher, Coronel Mário, Wilmar Sudoski e Paulo Glinski), conforme o regimento o presidente da casa vota somente em caso de empate.

Total
0
Shares