sementes_tabaco

cursos

bom_apetite_canoinhas

Lacen/SC ultrapassa 980 mil exames realizados em 2023

Avatar photo
Dos exames realizados no último ano, mais de 200 mil envolviam doenças respiratórias, e outros 130 mil foram para identificação do vírus da dengue.

LEIA TAMBÉM

O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) de Santa Catarina desempenha um papel crucial na vigilância em saúde do estado, destacando-se por realizar uma variedade de exames que contribuem para o diagnóstico e monitoramento de diversas doenças.

Em 2023, o Lacen ampliou ainda mais sua atuação, ultrapassando a marca de 980 mil exames realizados, abrangendo testes para detecção de dengue, Covid-19, influenza, além de análises de qualidade da água com verificação de vírus e bactérias, entre outros.

Além de sua sede em Florianópolis, há laboratórios descentralizados em São Miguel do Oeste, Chapecó, Joinville, Criciúma, Lages, Blumenau e Joaçaba. Dos exames realizados no último ano, mais de 200 mil envolviam doenças respiratórias, e outros 130 mil foram para identificação do vírus da dengue.

Na divisão de meio ambiente, destacaram-se as análises voltadas para o monitoramento da qualidade da água para consumo nos 295 municípios catarinenses, água utilizada em hemodiálise, água de abastecimento em hospitais e para o distrito especial indígena.

Nos primeiros meses de 2023, o Lacen trabalhou diretamente em parceria com o Instituto de Meio Ambiente (IMA) para a detecção dos possíveis causadores das doenças diarréicas, realizando mais de 2 mil testes. Também foram iniciados os testes de resíduos de agrotóxicos em água mineral e gelo de consumo humano.

Outra ação de destaque do Lacen, por meio da Gerência de Biologia Médica, foi a ampliação do acesso aos testes para o diagnóstico de tuberculose em todas as unidades prisionais do Estado, permitindo resultados mais rápidos em um ambiente de grande transmissão da doença. No ano de 2023, foram realizados o diagnóstico e monitoramento de 14.852 casos de tuberculose.

“Como um Laboratório de referência estadual, os exames realizados no Lacen têm a função de fazer a vigilância laboratorial, fornecendo dados para atuação dos demais serviços de saúde”, explica a diretora do Laboratório, Marlei Debiasi.

O Lacen disponibiliza, ainda, em seu portal um sistema completo de acesso à informação. Entre os painéis disponibilizados, é possível acompanhar os casos de dengue, Covid-19 e demais vírus respiratórios, além de monkeypox. Os dados podem ser acessados aqui, na aba painéis BI Lacen/SC.