cursos

bom_apetite_canoinhas

Cerca de 3 toneladas de carne suína é apreendida em abatedouro clandestino em SC

Avatar photo
A ouvidoria da Cidasc recebeu denúncia que apontava abatedouro clandestino com objetivo de comércio.

LEIA TAMBÉM

Em uma ação conjunta entre a Polícia Civil de Santa Catarina e a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola do Estado (Cidasc), um abatedouro clandestino de carne suína foi desativado na cidade de Braço do Norte na última sexta-feira (19).

Whatsapp Emecar Canoinhas

A operação, denominada “Improprius Alimentum”, resultou na prisão em flagrante do proprietário do local por crime contra o consumidor e na apreensão de cerca de três toneladas de carne suína.

A ação teve início após denúncias recebidas pela ouvidoria da Cidasc, que indicavam a existência de um abatedouro clandestino operando na região com fins comerciais. Diante das informações, a Polícia Civil e a Cidasc se uniram para investigar o caso e confirmaram a veracidade das denúncias.

Ao chegarem ao local, as equipes policiais encontraram uma grande quantidade de carne suína armazenada em condições precárias de higiene, sem refrigeração adequada e sem inspeção sanitária.

A carne, que totalizava cerca de três toneladas, estava destinada à venda para as cidades de Laguna, Braço do Norte e região, incluindo a Serra Catarinense.

O homem responsável pelo abatedouro clandestino foi preso em flagrante e autuado pelo crime previsto no art. 7, inciso IX, da Lei 8.137/90, que define e pune crimes contra a ordem alimentar e à saúde pública. A pena para este crime varia de 2 a 5 anos de reclusão.

Após os procedimentos de praxe, o preso foi conduzido ao Presídio Regional de Tubarão, onde permanecerá à disposição da Justiça. A carne apreendida deve ser incinerada para evitar riscos à saúde pública.

Notícia Anterior

TRÂNSITO
Colisão frontal causa a morte de dois irmãos na BR-153 em Mallet

Próxima Notícia

TRÂNSITO
Acidente na BR-470 mata duas pessoas; criança de 3 anos sobrevive