Mulher de 53 anos morre em acidente na Av. Abraão Mussi em Três Barras

Avatar photo
Caso foi registrado pela Polícia Militar como homicídio culposo. Segundo o Corpo de Bombeiros, duas pessoas foram ejetadas durante o capotamento.

LEIA TAMBÉM

 — PUBLICIDADE —
Whatsapp Emecar Canoinhas

Na manhã desta segunda-feira (3), por volta das 9h30, a Polícia Militar foi acionada para a Avenida Abraão Mussi, no bairro São Cristóvão em Três Barras, para atendimento de ocorrência de acidente de trânsito. A guarnição chegou ao local e os ocupantes do I/Fiat Siena já tinham sido levados à Unidade de Pronto Atendimento de Canoinhas pelos Bombeiros.

Em contato com um homem que estava no local, este informou aos policiais que estava trabalhando em uma empresa, que fica em frente, quando escutou o barulho da colisão e verificou que o veículo Siena colidiu com seu carro Fiat Stilo, que estava estacionado.

O condutor do I/Fiat Siena relatou que algo aconteceu, perdeu a direção e colidiu no meio fio na lateral da via e capotou inúmeras vezes.

Uma mulher com 56 anos que estava de ocupante do Fiat Siena relatou que acredita que um pneu possa ter estourado. Esta vítima foi encontrada sentada na via de rolamento, apresentando ferimento cortante na região frontal do crânio, com hemorragia ativa, bem como escoriações e inchaço nos braços.

Realizada aplicação de curativo compressivo, bem como restrição de movimentos com uso de colar cervical e maca rígida, sendo então transportada pela USA do SAMU até a Unidade de Pronto Atendimento de Canoinhas.

No veículo também estava um rapaz de 24 anos, com necessidades especiais, que foi liberado para parentes, sem lesões.

Ainda havia uma mulher com 53 anos, que ficou gravemente ferida e chegou em óbito no PA. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a vítima foi encontrada deitada na pista de rolamento, inconsciente, com rebaixamento de sinais vitais, sinais de traumatismo cranio encefálico, ferimento na região frontal do crânio, hemorragia na via oral e escoriações pela face, sendo amparada por um homem que era ocupante do veículo.

Durante deslocamento até a UPA de Canoinhas, entrou em parada cárdio respiratória, não resistindo a gravidade dos ferimentos.

Na unidade de saúde, a Polícia Militar colheu a versão dos presentes e realizou teste do etilômetro no condutor, que resultou em 0,00mg/l, sendo então liberado pelos médicos e conduzido à Delegaciade Polícia Civil suspeito do crime de homicídio culposo em acidente de trânsito, de acordo com o boletim da PM.

O veículo foi removido ao pátio conveniado por débitos de licenciamento, sendo preservado e alertado o responsável pelo pátio para mantê-lo íntegro, para posterior perícia.