Casal que sequestrou criança em SC também maltratava o próprio animal de estimação

Avatar

O casal que sequestrou uma menina de 4 anos em Palhoça, na Grande Florianópolis, na última sexta-feira (18), também será responsabilizado por maus-tratos contra o próprio animal de estimação, uma cachorra da raça pitbull. 

Encontrada em uma área insalubre da mesma casa em que a criança estava escondida, na Cachoeira de Bom Jesus, em Florianópolis, a cadela foi resgatada horas depois da prisão dos sequestradores, desnutrida, e com mais de 20 litros de secreção na região da barriga, segundo testemunhas.

O animal foi salvo durante a noite de domingo (20), depois que uma moradora do Norte da Ilha de SC, acionou os voluntários de um projeto de resgate e proteção de animais. Idealizador do SOS Pets, David Hagler, conta que a cachorra estava deitada no pátio da residência, imóvel, devido ao peso causado pelo líquido retido, e sem comida. 

”Nós entramos com apoio da Polícia Militar, porque a casa estava isolada, colocamos ela em um lençol e levamos pra clínica. Ela estava totalmente raquítica, só pele e osso, e a barriga gigantesca\” – lembra. 

Nas redes sociais, o casal que continua preso pelo sequestro da criança ostentava fotos em seus perfis pessoais com diversos animais, entre eles, a pitbull. A última foto em que a cadela resgatada aparece, no entanto, foi publicada em novembro de 2018. Na imagem, \”Lola\” é o nome dado à cadela. 

O delegado responsável pela investigação do caso, Fábio Pereira, disse que o casal será indiciado pelos maus-tratos do animal no mesmo inquérito que apura o sequestro da menina de 4 anos em Palhoça. 

\”Ela está magra demais, é até assustador\”

Com menos de 15kg, a cadela, batizada de \”Chanel\” pelos voluntários responsáveis pelo resgate, já passou por uma série de exames e procedimentos. 

Desde segunda (21), a cachorra passou por duas drenagens na barriga: a primeira no dia do resgate, quando mais de 20 litros de líquido foram removidos, e a segunda no dia seguinte, quando saíram mais 13 litros da secreção avermelhada. 

Total
0
Shares