Homem mata a mãe de ex-namorada e em seguida tira a própria vida em SC

Suspeito não aceitava o fim do relacionamento com a filha da vítima, segundo a PM.

Um homem de 32 anos invadiu uma casa atrás da ex-namorada, fez reféns e matou a ex-sogra a tiros em São José, na Grande Florianópolis, nesta quarta-feira (6). O suspeito se matou após o crime, informou a Polícia Militar.

A ex-companheira dele e filha da vítima, de 19 anos, não estava na casa no momento da invasão. A mulher tem medida protetiva desde o dia 1º de outubro e estava afastada da cidade, com receio de um ato violento por parte do suspeito.

A ocorrência foi registrada por volta das 12h53 no bairro Forquilhas. Na denúncia inicial feita para os policiais, foi informado que o homem possuía uma faca e havia crianças no local.

Ao chegarem na residência os agentes foram recebidos por um homem que informou que não havia nada de errado e pediu para que a guarnição não entrasse na casa. O homem, que era irmão da ex-sogra do suspeito, havia sido feito refém e estava chorando, segundo os policiais.

“O irmão da vítima, de 49 anos, não sofreu lesões. Ele havia sido feito de refém e o suspeito o liberou para tentar impedir a entrada da PM”, disse o tenente-coronel da PM André Rodrigo Serafin.

Em seguida, segundo a PM, os agentes ouviram dois disparos que vitimaram a mulher de 48 anos. Após o crime o homem se matou. De acordo com os policiais, não houve possibilidade de negociação com suspeito.

A Delegacia de Proteção da Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami), investiga o caso.