Membro mais antigo da Polícia Militar de Santa Catarina comemora 100 anos de vida

\”O segredo da longevidade é levar a vida com alegria e viver cercado de pessoas que ama\”,  afirmou o centenário.

Natural do munícipio de São José, Luiz Teodoro Martins, completou um século de vida na última segunda-feira (20). Ele é o membro mais antigo da Polícia Militar do estado.

O 2º tenente PM reformado, oficial decano da Polícia Militar de Santa Catarina, recebeu uma homenagem do comando do 8º Batalhão de Polícia Militar de Joinville, em razão do seu centenário.

O policial recebeu o comboio de viaturas policiais que adentraram ao seu condomínio. “Ganhei mais 100 anos de vida”, comentou Luiz Teodoro, ao receber os cumprimentos do comandante do 8º BPM, tenente-coronel Jofrey Santos da Silva, que também o presenteou com uma moeda comemorativa da unidade.

Em sua residência, ele contou histórias da sua época de caserna e compartilhou momentos que marcaram sua trajetória na Polícia Militar.

Sua infância foi simples e pobre, mas cheia de aprendizagem.

Sua história na Polícia Militar iniciou no ano de 1940, momento em que ele serviu como praça. Durante seu tempo de caserna, teve algumas baixas e reingressos.

Após completar um ano como soldado da PM, ele pediu baixa da corporação para ser delegado de Polícia em Urubici e depois em Curitibanos. Reingressando à instituição mais à frente.

Em 1944, pediu a baixa e foi trabalhar em uma empresa, mas no mesmo ano retornou à corporação.

Em 1947 ele pediu a baixa mais uma vez e foi trabalhar como motorista de caminhão na prefeitura de Jaraguá do Sul. Posteriormente, trabalhou nessa função também nas cidades de Londrina e Guaramirim.

Após esse período, Luiz Teodoro reingressou às fileiras da PM, fez cursos de motorista PM, de cabo e de sargento, e dessa forma foi progredindo na carreira. Como sargento serviu em Urubici, Vidal Ramos e posteriormente em Brusque. Já como subtenente serviu na cidade de Florianópolis.

Devido ao seu tempo de serviço durante a 2ª Guerra Mundial, ele teve o direito de ser promovido a um posto acima e se tornou então 2º Tenente da PM. Foi para a reserva remunerada em 1964.

Ao falar sobre o segredo da longevidade, Luiz Teodoro disse que \”o importante é levar a vida com alegria, ter uma vida livre de excessos, fazer exercícios leves e viver cercado de pessoas que ama\”.

Ele é pais de duas filhas, frutos do seu primeiro casamento com Maria José, que durou 66 anos, até o falecimento de sua esposa, no ano de 2008.
Em 2009, Luiz se casou novamente. Há 11 anos ele compartilha a vida com Herodina Maria Eulália, carinhosamente chamada de Diná.

Informações e fotos: Polícia Militar de Santa Catarina
Total
0
Shares