Planalto norte é uma das regiões que apresentou piora na transmissão do coronavírus

Avatar
A taxa de transmissibilidade está em 4.0. Neste caso, cada 100 pessoas infectadas transmitem para outras 400.

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou neste sábado (27), os dados da Matriz de Risco Potencial em relação ao novo Coronavírus.

O mapa aponta que todas as regiões do Estado se encontram em nível gravíssimo (cor vermelha) pela quinta semana consecutiva.

Imagem: SES/Divulgação

Das 16 regiões, três receberam nota máxima em todos os quesitos analisados, o que apresenta uma piora em comparação a semana passada – quando apenas uma região, a do Extremo Sul, tinha todos os indicadores em vermelho.

“De uma maneira geral, houve uma piora nos indicadores, principalmente no monitoramento e na transmissibilidade”, destacou a cientista de dados Bianca Vieira.

As regiões mais graves foram consideradas o Alto Vale do Itajaí, Foz do Rio Itajaí e Planalto Norte. A taxa de transmissibilidade no Planalto Norte está em 4.0, a mais alta do estado. Neste caso, 100 pessoas infectadas transmitem para outras 400.

A taxa de transmissão da covid-19 é um cálculo que nos diz o quanto a doença tem se espalhado entre as pessoas. Assim, o índice de transmissão da covid-19 pode ajudar a ter uma noção de que direção a pandemia está seguindo.

A região Oeste, por sua vez, manteve o índice de transmissibilidade estável – o mesmo 2,5 da semana passada.

A Matriz de Avaliação de Risco em Potencial é divulgada toda semana. O Estado mantém a atuação na ampliação de leitos de UTI e tem criado os Centros Integrados de Operações em Saúde para atuações regionalizadas.

Fonte: Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina

Total
1
Shares