Hospital Santa Cruz rebate acusações falsas sobre cancelamento de cirurgias em Canoinhas

Crise no Hospital Santa Cruz:
\”Não é verdade que as cirurgias eletivas estão suspensas no Hospital Santa Cruz\”.
A direção do Hospital Santa Cruz de Canoinhas emitiu nota nesta quinta-feira (21), em que esclarece acusações, ou informações falsas, apresentadas na sessão da Câmara dos Vereadores na última segunda-feira (18), a respeito do cancelamento de cirurgias eletivas.

O Hospital Santa Cruz esclarece que não está com as cirurgias eletivas canceladas conforme afirmam as últimas notícias divulgadas.

Apenas no período de 22 a 31 de janeiro as cirurgias foram canceladas para priorizar as urgências e emergências temendo a falta de insumos, devido à escassez de recursos.
Assim que as cirurgias foram retomadas, a comunidade foi informada, em nota emitida pelo Hospital e amplamente divulgada pela imprensa, no último dia 12 de fevereiro.

Sobre a questão discutida na sessão da Câmara de Vereadores, abordada pela vereadora Telma Bley, que afirma o cancelamento de cirurgias, o diretor administrativo do Hospital, Derby Fontana explica que \”desde o dia 31 de janeiro as eletivas foram retomadas e que no momento o HSCC está negociando com o Município um pacote de cirurgias eletivas a serem feitas nos próximos meses\”.

Nós entramos em contato com a secretária de saúde, Zenici Dreher que está avaliando quantas cirurgias devem ser contratualizadas. Todo começo de ano é feito essa negociação de quantidade de cirurgias com o Município e também com o Estado”, disse Fontana.

Então, das 941 cirurgias que estão aguardando na fila, o Município quem vai decidir qual será o recurso liberado. Assim que efetuado o contrato as cirurgias começam a ser agendadas e então os exames pré-operatórios começam a ser feitos.

Os exames pré-operatórios só são realizados quando a cirurgia está marcada, se não tem cirurgia marcada não tem exame e também não há cancelamento. Afinal não tem como cancelar algo que não está marcado”; explicou o diretor, respondendo o questionamento da vereadora Telma Bley, sobre quem pagaria pelos exames pré-operatórios que seriam descartados pela demora em se fazer cirurgias.

O Hospital Santa Cruz está à disposição da comunidade para esclarecer qualquer dúvida e assim evitar que afirmações infundadas sejam propagadas e confundam a real verdade dos fatos.

Total
0
Shares