Chamada de \’xing ling\’ por um assesssor de Bolsonaro, CoronaVac tem 100% de eficácia em casos graves

Avatar
Filipe Garcia Martins. Foto: Fundacao Alexandre de Gusmao

Filipe Martins, Assessor Especial para Assuntos Internacionais do Presidente Jair Bolsonaro, criticou nas redes sociais a eficácia da vacina CoronaVac, divulgado pelo Instituto Butantan. Em sua conta no Twitter, chamou a vacina de \’xing ling\’:

“Como você se sentiria se um médico lhe dissesse que ele pode descobrir se você tem coronavírus com base em um jogo de cara-ou-coroa? Pois é! Isso é mais ou menos o que vai acontecer com sua imunização, se você optar por tomar a vacina xing ling de 50,38% de eficácia do João Doria”, disse Filipe.

ReproduçãoTwitter
EFICÁCIA DA VACINA

O Instituto Butantan divulgou que a eficácia global da CoronaVac é de 50,38% nos testes clínicos e, portanto, está acima do percentual mínimo exigido pela Anvisa para sua aprovação.

\”Temos uma vacina que consegue controlar a pandemia\”, reforçou o diretor médico de pesquisa clínica do Instituto Butantan, Ricardo Palácios. 

Segundo o profissional, \”era previsto que a vacina teria uma menor eficácia nos casos mais leves e uma maior eficácia nos casos mais graves e nós conseguimos demonstrar esse efeito\”.
A CoronaVac demonstrou 100% de eficácia na prevenção de casos graves da Covid-19, que pode evitar internação e óbito. Boa notícia, já que o índice deve refletir diretamente no alívio da sobrecarga no sistema de saúde.

Conforme anunciado anteriormente, a vacina demonstra 78% de prevenção aos casos leves da doença. 

Os testes foram feitos em 12.508 voluntários no país, todos profissionais de saúde. Até o momento, o Instituto destaca que nenhum efeito adverso grave à vacina foi registrado, o que reforça a segurança do imunizante.

A vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan demonstrou 78% de prevenção nos casos leves e 100% n casos mais graves da doença.

Total
0
Shares