Governo sinaliza prioridade para vacinação dos profissionais da Educação em SC

Estimativa é que 195 mil professores e demais profissionais poderão ser imunizados.

O governador Carlos Moisés reforçou em reunião com o colegiado estadual na manhã desta quarta-feira (12), que Santa Catarina pretende priorizar a vacinação dos profissionais da Educação dentro do próximo grupo prioritário.

De acordo com o Censo Escolar (Inep), a estimativa é que 195 mil professores e demais profissionais das instituições de ensino Básico e Superior poderão ser imunizados.

Cadastramento dos profissionais

Após apresentar a proposta para o Plano de Vacinação dos profissionais de Educação de Santa Catarina, a SED elaborou um sistema de cadastro junto às secretarias municipais para identificar a quantidade de doses necessárias para imunização de todo o grupo.

O prazo para a realização dos cadastros terminou nesta terça-feira, 11, e até o fim desta quarta, 12, os dados serão organizados de forma segmentada de acordo com os seguintes critérios:

Totais gerais e por municípios

  • Atuação presencial/remota;
  • Área de atuação por ordem de vulnerabilidade conforme o desenho do Plano de Vacinação;
    Idade;
  • Quantos dos profissionais da Educação já tomaram a vacina e/ou fazem parte do grupo de comorbidades.

Planejamento

Para imunização dos profissionais da Educação Infantil, serão necessárias cerca de 35 mil doses, na soma entre os que atuam em creches e na pré-escola (crianças de 4 a 6 anos).

Para os momentos em que a quantidade de doses disponíveis for menor que a necessária, a SED prevê a possibilidade de subdivisão dos grupos por idade, o que permite o início rápido e a continuidade da aplicação das vacinas.

A definição da data de início da imunização depende do número de vacinas que devem chegar a Santa Catarina nos próximos dias, de acordo com o Secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

Critérios do Plano de Vacinação

1º grupo – Profissionais que atuam no atendimento presencial

  • Educação Infantil (professores e auxiliares);
  • Educação Especial;
  • Equipe técnica, administrativa e pedagógica (gestão, limpeza, alimentação, orientadores de convivência);
  • Ensino Fundamental (professor, segundo professor, auxiliares, intérpretes de Libras);
  • Ensino Médio (professor, segundo professor, auxiliares, intérpretes de Libras);
  • Ensino Superior.

2º grupo – Profissionais que atuam em Atividade Remota

(A ordem seguirá as etapas de ensino da vacinação do 1º grupo)

  • Profissionais que são do Grupo de Risco para a Covid;
  • Profissionais que atuam em atividade remota, EAD ou similares.
Total
0
Shares