Crânio encontrado em lavoura em Canoinhas pode ser de cemitério próximo, diz delegado

O crânio foi encaminhado pela Divisão de Investigação Criminal para perícia.

A Polícia Civil de Canoinhas investiga o caso de um crânio humano encontrado em uma área de lavoura na localidade de Paula Pereira, interior do município, na tarde de segunda-feira (21).

A ossada foi encontrada pelo filho de um agricultor, que estava limpando uma valeta que desbarrancou por causa das chuvas na última semana.

Segundo o delegado Rui Orestes Kuchnir, da Polícia Civil de Canoinhas, a suspeita é que a ossada seja de um cemitério que fica próximo à lavoura onde ela foi encontrada.

“Estamos investigando a origem desse crânio. Existe, sim, a possibilidade de que as crianças tenham mexido [no cemitério] e ele tenha ido parar ali na lavoura”, afirmou o delegado. Não havia outros ossos no local.

Como existe um cemitério nas proximidades, há suspeita de que a ossada tenha origem de lá. Embora a investigação esteja em andamento, o delegado considera a possibilidade de que o crânio tenha sido transportado também por crianças.

O crânio foi encaminhado pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) para perícia.

Total
1
Shares