iptu_2024_canoinhas

bom_apetite_canoinhas


Do bar para a delegacia: mãe é detida em Canoinhas por deixar filho sozinho em casa

Avatar photo
O Conselho Tutelar foi acionado e a mãe do menino foi conduzida à delegacia, pelo crime de abandono de incapaz.

Na noite de quinta-feira (8), uma situação alarmante mobilizou os policiais militares em Canoinhas. O chamado ocorreu na rua Servidão 2, no bairro Campo da Água Verde, onde uma criança de apenas 2 anos foi encontrada abandonada dentro de uma residência.

Segundo informações fornecidas pelo homem que solicitou a intervenção policial, ele havia alugado a casa para uma mulher há mais de um ano. No entanto, no dia dos acontecimentos, por volta das 21 horas, ele a viu deixar a residência na companhia de uma amiga.

Por volta das 22h30, ele ouviu o choro da criança vindo de dentro da casa e imediatamente pediu ajuda a uma vizinha para investigar o que estava acontecendo. Ao chegarem à residência, encontraram todas as portas fechadas, e o choro persistente vinha da criança, que estava sozinha no local.

Com a impossibilidade de contato com a mãe da criança, a guarnição arrombou a porta dos fundos da residência e avistou o menino, que estava muito nervoso com a situação. Os policiais agiram rapidamente e conseguiram localizar a mãe do menor por volta da meia-noite.

Ao ser confrontada, a mãe confirmou que estava em um bar, consumindo bebidas alcoólicas com suas amigas, enquanto seu filho pequeno estava desamparado em casa.

Diante dessa grave situação de negligência parental, foi acionado o Conselho Tutelar para tomar as medidas cabíveis em relação ao bem-estar da criança.

A mãe foi detida e pode enfrentar processos legais por abandono de incapaz, crime previsto no Código Penal Brasileiro.

Abandono de incapaz — Art. 133. Abandonar pessoa que está sob seu cuidado, guarda, vigilância ou autoridade, e, por qualquer motivo, incapaz de defender-se dos riscos resultantes do abandono: Pena – detenção, de seis meses a três anos.