Deputada Erundina, de 89 anos, passa mal após discurso e é hospitalizada

Avatar photo
Deputada federal passou mal logo após um discurso de pouco mais de 6 minutos na Comissão de Direitos Humanos da Câmara.

LEIA TAMBÉM

 — PUBLICIDADE —
Whatsapp Emecar Canoinhas

A deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP), de 89 anos, passou mal após participar de uma sessão na Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (5) e precisou ser hospitalizada.

A informação de que a parlamentar está internada na UTI levou a Câmara a suspender a sessão desta noite, que votaria a urgência de alguns projetos.

Erundina passou mal logo após um discurso de pouco mais de seis minutos na Comissão. Ela defendia o projeto de lei da colega Maria do Rosário (PT-RS), que institui a responsabilidade do Estado brasileiro de identificar publicamente lugares de repressão política utilizados por agentes da ditadura militar (1964-1985).

A deputada foi levada ao posto médico da Câmara e, em seguida, encaminhada ao Hospital Sírio Libanês de Brasília.

Segundo a assessoria de Erundina, o quadro dela é estável, mas, como inspira cuidados, ela está na UTI. O hospital ainda não divulgou boletim médico.

A sessão da Comissão foi paralisada por 10 minutos devido ao estado de saúde de Erundina. No entanto, uma briga entre um cidadão e o deputado delegado Éder Mauro (PL-PA) logo em seguida acabou encerrando a sessão.