Em Canoinhas, homem passa de testemunha de ocorrência para presidiário

Homem recebeu voz de prisão e foi conduzido para o presídio de Canoinhas.

Um homem que era testemunha em ocorrência de tentativa de homicídio, ocorrido na madrugada desta segunda (20), em Canoinhas, acabou sendo preso por ser um foragido da justiça. O detido é irmão da vítima.

O caso começou na manhã desta segunda, quando a PM foi acionada para a Unidade de Pronto Atendimento de Canoinhas, onde um homem deu entrada com um ferimento na cabeça, causado por disparo de arma de fogo.

A vítima relatou que estava dormindo em uma chácara onde trabalha, na localidade do Salseiro, quando por volta da 1h30 da madrugada percebeu alguém abrindo a janela, escutou um estampido e em seguida perdeu os sentidos.

Ao amanhecer, seu patrão chegou no local e o viu sangrando na cama e quis levá-lo ao Pronto Atendimento, porém pediu para o mesmo o deixar na casa do seu irmão, que posteriormente acionou os Bombeiros, que o conduziram ao PA.

Também afirmou não saber quem poderia ser o autor do disparo, visto que não tem desavença com ninguém.

No local também estava o irmão da vítima, o qual testemunhou a chegada dele na residência. A guarnição foi então cadastrar o homem como testemunha na ocorrência, quando constatou o mandado de prisão em seu desfavor.

Ele então recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Unidade Prisional de Canoinhas (UPA) para início do cumprimento da pena.

A tentativa de homicídio contra seu irmão será investigada.

Total
0
Shares