Mãe que morreu após parto de trigêmeos em Santa Catarina deixa 7 filhos

Avatar
Camila com os filhos Vitória, Breno e Valentina logo após o parto, na tarde de terça-feira (26). Foto: Hospital Marieta/Divulgação

Camila Cassimiro da Conceição, de 32 anos, que deu à luz trigêmeos em Itajaí na terça-feira (26), morreu nesta quinta-feira (28), informou o Hospital Marieta Konder Bornhausen, onde os bebês nasceram. A chegada dos recém-nascidos foi comemorada por ser considerada um caso raro na unidade de saúde.

Ela não teve problemas no parto mas ontem (27), teve sangramentos, precisou passar por uma cirurgia de emergência e foi levada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A causa da morte não foi revelada pela unidade de saúde.

\”Ela desceu, aí eu não pude descer, eu aí já não vi mais nada, não consegui acompanhar ela, não fiquei junto com ela\”. A afirmação é de José Cleber Xavier Cardoso, de 34 anos, companheiro de Camila, com que viveu durante 13 anos.

Os bebês, Vitória, Breno e Valentina, permanecem no hospital, e estão saudáveis.

Além dos trigêmeos, Camila teve mais quatro meninas de 13, 11 e duas de 3 anos. Com o nascimento de Vitória, Breno e Valentina, ela saltou de mãe de quatro para sete. 

\”Condições, condições eu não vou ter. Mas tenho que seguir em frente\”, diz José Cardoso, que terá a missão de cuidar de sete filhos sem a mulher. Foto: Arquivo pessoal

A família de Camila e Cardoso é de Indiaroba, no Sergipe. Eles vieram morar no Vale do Itajaí há cerca de dez anos, em busca de melhores condições de trabalho. 

Na região, Cardoso trabalha como pedreiro e Camila ficava em casa com as crianças. Ele disse que irá contar inicialmente com a ajuda da mãe e irmãos:

\”Condições, condições eu não vou ter. Mas tenho que seguir em frente. Minha mãe está aí, vai me ajudar. Agora é pensar positivo. Vai dar tudo certo\”.

O corpo de Camila deve ser levado para o município de Indiaroba (SE), onde ela nasceu e vive a avó das crianças. 
Total
0
Shares