Possível caso de ‘fura-fila’ da vacina em Canoinhas é denunciado ao Ministério Público

Avatar

Imagem postada no Instagram com a legenda ‘Bum bum Tam tam’ foi anexada à denúncia/Reprodução

Uma denúncia foi protocolada nesta quinta-feira (18), na Promotoria de Justiça da comarca de Canoinhas, órgão dentro da estrutura do Ministério Público, para averiguação de possível irregularidade na aplicação da vacina contra a Covid-19, irregularidade essa conhecida no país como ‘fura-fila’.

De acordo com a Notícia de Fato, veio a público, através das redes sociais, postagem efetuada pela Sra […] em publicação através da ferramenta ¨Story¨, do Instagran,  na qual a citada divulga a imagem de uma carteira de vacinação, com a descrição da vacina covid-19/Butantan- lote 202001034, com data do dia 16/02/2021 (imagem acima).

Conforme a denúncia, o conteúdo da postagem levanta duvidas sobre os critérios adotados para a seleção de pessoas que estão sendo imunizadas pela prefeitura de Canoinhas, e se a vacinação no município segue a risca o que determina o plano estadual de vacinação contra a Covid-19. 

O plano estadual de vacinação determina de forma objetiva e taxativa quem deve ser imunizado em cada fase:

FASE 1

Devem ser vacinados:

  • trabalhadores da saúde,
  • população idosa a partir dos 75 anos de idade,
  • pessoas com 60 anos ou mais que vivem em instituições de longa permanência (como asilos einstituições psiquiátricas)
  • população indígena.

Com a simples verificação da indicação de prioridades do plano estadual de vacinação, o fato da Sra. […] ter sido imunizada levanta dúvidas que devem ser apuradas, tendo em vista que a mesma, ao que tudo indica, não é profissional da linha de frente do combate à pandemia, como se observa nas informações contidas em suas redes sociais.

Um ponto que chama a atenção é que a publicação (e a vacinação) foi efetuada no dia 16 de fevereiro, entretanto a data para a imunização de outras categorias, se fosse o caso, iniciaria somente hoje (18 de feveriro), conforme publicação da prefeitura de Canoinhas:

Imagem: Facebook/Prefeitura Municipal de Canoinhas


Também causou espanto o ataque proferido pelo prefeito municipal aos vereadores de oposição, que estariam questionando os critérios para a aplicação das vacinas e solicitando, via requerimento, a relação dos imunizados.
Em seu discurso, após retornar das férias, o prefeito Beto Passos proferiu as seguintes palavras:

“Querem que nós expôe (sic) o nome das pessoas que receberam a vacina, colocar um cartaz e expor o nome do profissional, do idoso que recebeu a vacina. Essas pessoas querem fazer uma superexposição […] deveriam estar lutando junto para amenizar o sofrimento, não pra fazer holofote e ganhar manchete de jornal”, disse o prefeito.

“Cabe ressaltar que ao efetuar o pedido de transparência, os vereadores estão cumprindo suas prerrogativas constitucionais, e agindo de acordo com o que determina a Lei Orgânica Municipal, e que as informações podem ser fornecidas de forma sigilosa aos legisladores, se fosse o caso de
preservar a identidade das pessoas imunizadas”.

“Portanto, a instauração da respectiva Notícia de Fato para se apurar a conduta do Prefeito Municipal, da Secretária Municipal de Saúde e da possível beneficiada é a medida mais cabível”, finaliza o documento, que foi protocolado pelo Partido Socialista Brasileito – PSB/Canoinhas, representado por seu presidente, Paulo Augusto Machado, que requer ainda, se comprovada as irregularidades, a punição de todos os envolvidos.

Leia também: Em Canoinhas, 396 pessoas já receberam a 2ª dose da vacina contra a Covid-19.
Total
0
Shares