‘Meio milhão não é dinheiro de pinga’, diz vereadora sobre investimento no Ditão

Vereadores fizeram requerimento para envio de uma Moção de Repúdio ao prefeito municipal.

“Quase meio milhão de reais, isso não é dinheiro de pinga, é muito dinheiro, é o dinheiro do povo”, foi a indignação da vereadora de Canoinhas Juliana Maciel (PSDB), na sessão de segunda-feira (31), com a licitação
lançada pela prefeitura para a modernização das torres de iluminação esportiva do Estádio Municipal Benedito Terézi de Carvalho Jr. – o Ditão – ao valor aproximado de R$ 500 mil.

Em um dos orçamentos apresentados para execução do projeto, o valor unitário de Luminária para iluminação esportiva foi cotado a R$ 6.652,50 totalizando R$ 425.760,00 (somente as luminárias).

Juliana, que utilizou a tribuna durante a sessão, afirmou que as trocas das lâmpadas não precisam ser agora, e que o recurso deve ir para a saúde.

“A prefeitura pode ir para a rádio dizer que a gente é azedo, que tem gente que é limão, pois eu não sou um limão não, sou uma limonada inteira e sem açúcar. Esse dinheiro não precisa ser investido em iluminação no estádio, mantenho a minha indignação, esse dinheiro não esta sendo bem investido, a prioridade é saúde”, finalizou a vereadora.

Os demais vereadores de oposição Tati Carvalho (MDB), Zenilda Lemos (MDB) e Marcos Homer (Podemos) também foram enfáticos em afirmar que o momento é para ter mais investimentos na saúde, e não na troca de lâmpadas.

A vereadora Tati Carvalho fez uma defesa dos profissionais da saúde que stão trabalhando arduamente no combate da pandemia, e ressaltou que o valor de quase R$ 500 mil poderia ser investido na saúde, que é a prioridade no momento.

“Não estamos falando mal do esporte nem dos profissionais da saúde, pelo contrário eles estão trabalhando muito no combate à pandemia. A saúde é prioridade, nossa população é prioridade, não sabemos o que vamos
enfrentar pela frente, é questão de prioridade, é questão de sensibilidade. Essa situação é moralmente reprovável”, comentou a vereadora.

“Não somos contrários a iluminação no estádio, mas tudo tem o seu tempo, a nossa proposta é que seja aguardado até o final do ano, estamos em situação gravíssima aqui em Canoinhas, porque isso agora, são quase R$ 500 mil, estamos em uma pandemia”, afirmou a vereadora Zenilda Lemos, que ressaltou que o esporte é importante, mas que o momento é muito delicado, e que o melhor seria o recurso ser destinado a saúde, e que no futuro as trocas das lâmpadas poderiam ser realizadas.

O vereador Marcos Homer, que é esportista, lembrou que o momento é de ver as prioridades para os investimentos, é que a saúde está em primeiro lugar no meio de uma pandemia.

“Prioridades gente, esse não é o momento. É importante? É. Nesse momento? Não! A importância é sempre dada pelo momento. Quando um respirador que custa R$100 mil é a diferença entre a vida e a morte, nós temos que pensar no respirador, essa é a prioridade: saúde”, afirmou o vereador.

Ainda na sessão, foi requerido pelos quatro vereadores, que seja encaminhado ofício ao prefeito Gilberto dos Passos, apresentando Moção de Repúdio ao ato do Poder Executivo em aplicar R$ 452. 301,77 (quatrocentos e cinquenta e dois mil trezentos e um reais e setenta e sete centavos) para contratação de empresa especializada em iluminação esportiva do Estádio Municipal Benedito Therézio de Carvalho Jr. – Ditão.

Os edis justificaram considerando o momento pandêmico que vivemos, onde 104 vidas foram ceifadas em nossa cidade pela Covid-19, e a necessidade de desprender recursos para investimentos na saúde municipal, tanto na segurança do exercício profissional dos trabalhadores da saúde, na estrutura física do atendimento, na disponibilização de medicamentos e testes rápidos e por todos os meios para combater este terrível vírus.

“Em respeito a todos os profissionais da saúde, a todas as famílias canoinhenses que sofreram a dor da perda, aquelas que ainda sofrem as consequências da doença, estes Vereadores repudiam o ato do Poder Executivo”, diz o ofício.

Com informações de Pólis Assessoria e Assessoria Câmara de Vereadores de Canoinhas

Total
0
Shares