Pagou e não levou: PM de Canoinhas registra golpe de R$ 22 mil

Morador de São Bento do Sul foi vítima do famoso crime do ‘171’.

Na sexta-feira (30), por volta das 16h20, compareceu na sede do 3º Batalhão da Polícia Militar em Canoinhas, a vítima, juntamente com outro homem relatando que reside em São Bento do Sul e veio para Canoinhas buscar uma
motocicleta que estava comprando, intermediada por um terceiro.

Este [o suposto vendedor] se identificou, porém quando realizou a transferência no valor total de R$ 22.000,00 (vinte e dois mil reais) para a esposa do mesmo, foi bloqueado e não conseguiu mais contato.

A motocicleta negociada se encontra em nome do homem o qual acompanhava a vítima, que reside em Canoinhas, que por sua vez relatou que havia colocado sua motocicleta a venda em um anúncio na OLX.

Disse que recebeu recebeu o contato desse terceiro, a qual se dizia interessado pelo veículo para utilizá-lo como pagamento de uma dívida, e que faria o pagamento de R$32.000,00 (trinta e dois mil reais).

No entanto, não realizou o pagamento e enviou um comprovante falso no valor de R$32.500,00 e após isso também perdeu o contato com o golpista, que embolsou R$ 22 mil da vítima e desapareceu. O caso é tratado como estelionato, sendo confeccionado o Boletim de Ocorrência e orientado as partes.

Estelionato: Trata-se do famoso crime do “171”, infração penal contra o patrimônio que pode ser praticado por qualquer pessoa que tenha a intenção de enganar alguém para lhe tirar vantagem.