Fuga de mulheres e princípio de rebelião é registrado no Presídio Regional de Mafra

Avatar
Foto: Deap

Na noite de sábado (5), por volta das 20h30, a Polícia Militar foi informada da fuga de três mulheres que estavam presas no Presídio Regional de Mafra, as quais alcançaram o telhado de um dos cômodos e pularam o muro externo da unidade.

Através das câmeras do sistema de ídeo monitoramento da PM, constatou-se que as fugitivas seguiram, a pé, para o município de Rio Negro (PR), passando pela Ponte Rodrigo Ajace.

Foram realizadas buscas, porém até o momento nenhuma foi recapturada. As detentas são de Papanduva, Curitiba e Jaraguá do Sul. 
Na manhã deste domingo (6), por volta das 7h, a Polícia Militar foi acionada novamente ao Presídio, onde estava ocorrendo um princípio de rebelião por parte dos internos.

De acorco com a PM, os detentos estavam muito agitados e atearam fogo em alguns colchões em uma das alas de celas.

A situação foi controlada e a PM permaneceu no local até a chegada de mais Agentes Prisionais que reforçaram a segurança.

Ainda segundo a Polícia Militar de Mafra, a causa de insatisfação dos detentos pode ter sido motivada pela suspensão de saídas temporárias de final de ano.

Total
0
Shares