Violência doméstica contra a mulher canoinhense é tema de TCC de policial militar

Avatar
Foto: Polícia Militar/Divulgação

A prevenção da violência doméstica e familiar contra a mulher foi tema de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), apresentado pela soldado Carmem Regina Fonseca, lotada no 3º Batalhão de Polícia Militar em Canoinhas.

Carmem é acadêmica do curso de Direito pela Universidade do Contestado Canoinhas (UnC), e apresentou seu trabalho “Análise do Programa Rede Catarina de Prevenção da Violência Doméstica e Familiar contra a mulher no município de Canoinhas”, na última semana.

O trabalho buscou analisar o Programa Rede Catarina, o qual se sustenta em ações de proteção, no policiamento direcionado da Patrulha Maria da Penha e na disseminação de solução tecnológica, buscando conferir maior efetividade e celeridade às ações de proteção à mulher, notadamente no município de Canoinhas, o qual foi implantado em outubro de 2018.

Inicialmente, para contextualizar o tema, foram apresentados fatos históricos de desigualdade entre homens e mulheres. 

Por conseguinte, foi abordada a história da mulher na sociedade, a qual nem sempre foi sujeita de direitos e somente após o casamento se realizava como ser social.

Por meio de dados apresentados pela Polícia Militar do Estado de Santa Catarina, foram elencadas análises quantitativas referentes às ocorrências policiais atendidas nos crimes de Violência Doméstica e familiar contra a mulher na cidade de Canoinhas, sendo estes do ano de 2019.

Foi solicitado ao Comando do 3º BPM dados dos atendimentos realizados no ano de 2019 pela Patrulha Maria da Penha na cidade de Canoinhas o qual prontamente foi concedido.

Nesses dados fornecidos, foi verificado que o Judiciário de Canoinhas encaminhou no ano de 2019 para acompanhamento 80 medidas protetivas de mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. Desse montante, a patrulha finalizou o ano acompanhando 69 mulheres.

A partir dos dados fornecidos é possível perceber que a atuação da Rede Catarina na cidade de Canoinhas está cumprindo sua finalidade. 

“Apesar da grande demanda de medidas protetivas a serem acompanhadas e por apenas uma Patrulha, busca-se com presteza e rendimento funcional”, informa a Polícia Militar.
Total
0
Shares