Projeto ‘Drogas Não’ promove palestras educativas em escolas de Papanduva

Avatar photo
Iniciativa tem como objetivo conscientizar e educar os jovens sobre os perigos e as consequências do uso de substâncias lícitas e ilícitas.

LEIA TAMBÉM

 — PUBLICIDADE —
Whatsapp Emecar Canoinhas

Nesta terça-feira (18), um evento inovador reuniu importantes instituições locais em Papanduva para ministrar palestras sobre prevenção ao uso de drogas.

Esta ação conjunta envolveu a Prefeitura Municipal de Papanduva, através da Secretaria de Educação, a Primeira Promotoria de Justiça de Papanduva, representando o Ministério Público, a equipe de advogados do Projeto OAB vai à Escola, além da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar de Papanduva.

O evento foi realizado no Salão Paroquial, no centro da cidade, e atingiu alunos do oitavo, nono e primeiro ano das escolas de Educação Básica Manoel Estevão Furtado e Alinor Vieira Corte. No período da manhã, participaram 313 alunos e, à tarde, 284, totalizando 597 pré-adolescentes.

Esta iniciativa é parte do Projeto “Drogas Não!”, que tem como objetivo conscientizar e educar os jovens sobre os perigos e as consequências do uso de substâncias lícitas e ilícitas.

Durante as palestras, os alunos tiveram a oportunidade de aprender com profissionais da área jurídica e agentes de segurança pública, que compartilharam seus conhecimentos sobre as implicações legais, sociais e de saúde relacionadas ao uso de drogas.

A abordagem foi dinâmica e interativa, proporcionando um ambiente de aprendizado enriquecedor e esclarecedor.

A Primeira Promotoria de Justiça de Papanduva apresentou explicações sobre as consequências legais do uso de drogas, destacando a importância de um comportamento consciente e responsável.

A equipe de advogados do Projeto OAB vai à Escola abordou aspectos legais e direitos dos jovens, orientando-os sobre como se manter longe das drogas e as suas consequências jurídicas. Os agentes da Polícia Militar discutiram a segurança pública e os riscos associados ao envolvimento com drogas, reforçando a necessidade de afastar-se dessas substâncias.

O Corpo de Bombeiros Militar de Papanduva explicou a fisiopatologia de uma overdose por substâncias através de uma simulação, enfatizando as dificuldades encontradas nesses atendimentos e as consequências danosas do uso de drogas.

Além disso, houve uma apresentação do Policiamento com Cães (Canil) sobre a forma de abordagem integrada com cães e a importância deste serviço para a localização de substâncias tóxicas.

O Projeto “Drogas Não!” é uma iniciativa que visa prevenir o uso de drogas entre jovens e adolescentes. Por meio de parcerias com diversas instituições, o projeto promove ações educativas e atividades interativas, conscientizando sobre os perigos do consumo de substâncias ilícitas e lícitas, e fortalecendo a rede de apoio aos estudantes.

A organização do evento expressa seu profundo agradecimento aos alunos dos respectivos colégios, ao corpo docente, diretores, cozinheiras e todos os colaboradores que possibilitaram a realização deste importante projeto. O esforço e dedicação de cada um foram essenciais para o sucesso desta iniciativa.

Todas as instituições envolvidas reafirmam seu compromisso com os cidadãos, trabalhando para abordar este importante tema com os jovens, visando resguardar futuros brilhantes e dizendo sempre “NÃO ÀS DROGAS”!

4o