Ventos de até 98km/h causam estragos em cidades de SC

Há chance de temporais isolados em cidades do Meio-Oeste, Planalto Norte, Planalto Sul, Grande Florianópolis, Médio e Alto Vale do Itajaí.

A chuva e o temporal registrados entre a noite de segunda-feira (13) e madrugada desta terça-feira (14) provocaram estragos em algumas cidades do Oeste de Santa Catarina.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, houve destelhamentos, queda de árvores e obstrução de ruas. As rajadas de vento chegaram a 98 km/h, segundo o monitoramento virtual da Epagri/Ciram.

Em Chapecó, cidade chegou a ficar 1 hora sem energia elétrica durante a madrugada.

Em Itá, o telhado de uma casa desabou e um duto de gás se rompeu no local. O Corpo de Bombeiros também foi chamado também em Cunha Porã, São Lourenço do Oeste, Catanduvas e Descanso, Modelo.

Em São Carlos e Águas de Chapecó, os bombeiros distribuíram 700 metros quadrados de lona para 14 moradores pessoas que tiveram destelhamento nas casas. Houve queda de árvore no interior de Planalto Alegre, que chegou a obstruir totalmente a SC-283.

VENTOS

  • Caibi, no Oeste, às 23h de segunda-feira: 96,84 km/h
  • Chapecó, no Oeste, às 0h de segunda-feira: 94,21 km/h
  • Urupema, na Serra catarinense, às 2h de terça-feira: 98,06 km/h
  • Araranguá, no Sul catarinense, às 6 de terça-feira: 79,92 km/h

A Defesa Civil de Santa Catarina emitiu um comunicado alertando para a chance de novos temporais isolados em cidades do Meio-Oeste, Planalto Norte, Planalto Sul, Grande Florianópolis, Médio e Alto Vale do Itajaí.

O risco é moderado a alto para ocorrências associadas aos temporais, chuva intensa e volumosa. Há chance também de raios e queda de granizo em algumas regiões do Oeste.