Paulinho Basílio assume a presidência da Câmara de Vereadores em 2020

Mesa diretora será composta por Paulinho Basílio (MDB), Telma Bley (MDB), Célio Galeski (PSD) e Norma Pereira (PSDB). Foto: Assessoria

Como todos os anos, durante a última sessão é realizada a eleição da nova mesa diretora da Câmara de Vereadores de Canoinhas. Na sessão ordinária realizada na terça-feira (17), teve aprovação de projetos de lei e logo após iniciou-se o processo de votação. 

Por seis votos a quatro, venceu a chapa composta pelo vereador Paulinho Basílio (MDB) tendo como vice-presidente a vereadora Telma Bley (MDB), 1º secretário vereador Célio Galeski (PSD) e 2º secretário vereadora Norma Pereira (PSDB).
A segunda chapa foi composta e liderada por Gil Baiano (PL), tendo como vice Célio Galeski (PSD) 1º secretário Wilmar Sudoski (PSD) e 2ª secretário, Camila Lima (MDB).
Trajetória

Paulo Roberto Ghislandi Basílio foi eleito vereador com 926 votos, estando em seu primeiro mandato. 

É presidente do MDB de Canoinhas, foi vice-presidente da Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização (09/01/2017 a 31/12/2017), Suplente na Comissão de Desenvolvimento Municipal (09/01/2017 a 31/12/2017), Presidente da Comissão de Justiça e Redação (14/01/2019 a 31/12/2019), e é Suplente Comissão de Desenvolvimento Municipal (14/01/2019 a 31/12/2019).

Foi 1º Secretário na Mesa no ano de 2018 substituindo a vereadora Zenici.

É presidente do JMDB de Santa Catarina (Juventude do MDB) e pela primeira vez eleito presidente da Câmara.

Em seu discurso, Paulinho Basílio destacou a parceria com os demais vereadores: “hoje pudemos ver na prática a capacidade de diálogo”. 
Destacou e agradeceu “as minhas meninas” ao se referir a Camila, Telma e Norma, que sempre o apoiaram e estiveram junto na caminhada. 
—Agradeço demais a vocês três e, lógico, ao vereador Paulo Glinski, que firmou esse apoio na chapa e cumpriu o que disse — enalteceu. Basílio dedicou a vitória a seu avô materno, já falecido.

—Hoje senti a democracia pulsar neste plenário — disse o novo presidente, prometendo uma gestão compartilhada no cargo:  “A Câmara não é puxadinho do Executivo”, finalizou.

Vereador Gil Baiano também fez uso da tribuna e parabenizou o colega de bancada pela vitória.
Total
0
Shares