Juntos, candidatos à prefeitura de Três Barras declararam patrimônio de quase R$ 6 milhões

Os seis candidatos à Prefeitura de Três Barras, com seus respectivos vices, para as eleições 2020, declararam para a Justiça Eleitoral bens que juntos somam R$ 5. 704.757,18 (cinco milhões e setecentos e quatro mil e setecentos e cinquenta e sete reais e dezoito centavos). Dois não declararam nenhum patrimônio. 

Veja a lista abaixo em ordem alfabética.

Prefeito — André Luis Antonowiski Neves (PRTB):
R$ 490.000,00, sendo quatro veículos, imóvel residencial e loja comercial
Vice-prefeito — Jose Luiz Hoffmann (PRTB): R$ 66.000,00 bens declarados referente a quatro veículos

Prefeito — Carlos Fernandes Ferreira (DC): R$ 5.000,00 referente a quinhão de Capital de Sociedade
Vice-prefeito — Angelo Francisco Lemes Alves dos Santos (DC):  nenhum bem declarado

Prefeito — Edson Luis Álvares da Rocha (AVANTE): R$ 185.000,00 um veículo e um imóvel
Vice-prefeito — Renato Aldair de Souza de Oliveira (AVANTE):  nenhum bem declarado

Prefeito Gilson Hideaki Nagano (PL): R$ 1.273.411,18 terrenos, empresa e veículo
Vice-prefeito — Ricardo Willian Cornelsen (PSC): R$ 1.827.000,00 imóveis e terrenos

Prefeito Luiz Divonsir Shimoguiri (PSD): R$ 1.305.000,00 em bens referentes a posse de três terrenos. Não há outros patrimônios declarados.
Vice-prefeita — Ana Claudia da Silveira Quege (PP): R$ 168.346,00 um veículo e quotas de 20% de empresa.

PrefeitoMarco Antonio de Souza (MDB): R$ 200.000,00 referente a declaração de um terreno. Não há outros bens declarados.
Vice-prefeito — Luciano de Jesus Grein (MDB): R$ 185.000,00 dois terrenos e um veículo.

Em Canoinhas, os candidatos a prefeito ( e vice), declararam patrimônio de pouco mais de R$ 4 milhões.
Os dados completos dos candidatos, inclusive de todos os vereadores, estão disponíveis para consulta pública no site do Tribunal Superior Eleitoral.

Números referem-se a candidatos a prefeito e vice-prefeito (a).

Total
0
Shares