Criança de 5 anos morre vítima da variante Delta no Paraná

Estado tem 162 casos e 38 mortes pela variante Delta do coronavírus.

Uma menina de 5 anos morreu vítima da variante Delta da Covid-19, que é conhecida por ser mais transmissível, porém não necessariamente mais fatal. Um homem de 46 anos também morreu, infectado com a variante.

As mortes ocorreram em Cascavel, no Paraná, e a informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

Conforme a Sesa, com as novas duas mortes no município, Cascavel contabiliza três óbitos pela variante delta. O primeiro foi registrado também em setembro, de um homem de 57 anos.

Segundo o secretário de Saúde de Cascavel, Miroslau Bailak, as novas vítimas da doença na cidade tinham comorbidades. A criança tinha paralisia cerebral leve, e o homem tinha diabetes.

Bailak disse ainda que mais da metade dos casos e mortes pela Covid-19 registrados na cidade são da nova variante Delta, que tem tido alta taxa de transmissão. “Nas nossas avaliações, em torno de 85% das contaminações se referem a variante delta entre nós”, disse o secretário.

Até ontem (14), o Paraná tinha 162 casos confirmados pela Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) e 38 mortes pela variante Delta.