Menino morre ao levar coice de cavalo em um CTG no norte catarinense

Os socorristas ficaram mais de um hora na ocorrência, no entanto, a criança não resistiu e morreu no local.

Marcos Elias Silveira Miranda, de 12 anos, morreu após ser atingido por um coice de cavalo em um Centro de Tradições Gaúchas em Joinville, no norte do estado.

O acidente ocorreu no CTG (Centro de Tradições Gaúchas) Chaparral, na noite de sábado (15). O menino era filho de um casal natural de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, e que trabalha no local há cerca de dois anos cuidando dos cavalos.​ A direção do CTG informou que não ocorria evento no local no momento dos fatos.

Segundo relatório da Polícia Militar, o animal teria acertado o peito do garoto. Ele chegou a ser socorrido por uma equipe do Samu, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 19h30. 

O proprietário do CTG, Ciro Harger, explicou que Marcos soltava o animal no pasto quando foi atingido. “Quando ele soltou, o animal se sentiu em liberdade e saiu dando uns pulos, levantou a pata traseira com muita força. Não foi um coice de maldade ou de fuga”, contou.

O corpo de Bombeiros Voluntários foi acionado e se deslocou para o endereço, no Ribeirão do Cubatão, por volta das 18h45. Os socorristas ficaram mais de um hora na ocorrência, no entanto, a criança não resistiu e morreu no local.